Bill Gates, fundador da Microsoft, está prestes a patentear uma nova tecnologia capaz que diminuir a velocidade dos furacões.

A invenção consiste em bombear água fria do fundo do oceano para a superfície, inibindo assim a formação dos furacões ou diminuindo a intensidade deles.

Na formação original de um furacão, a água quente na superfície dos oceanos Atlântico e Pacífico serve de combustível para o fenômeno.

Seria utilizado um sistema de embarcações equipadas com turbinas que ficariam no caminho das tempestades e desta forma, a água do fundo do oceano resfriaria a superfície do mar.

O órgão americano de registro de patentes afirmou que vai analisar o pedido com cuidado, mas que o sistema proposto é bem interessante.

Caso o pedido de patente saia, Bill Gates e os co-inventores terão 18 anos de direitos legais sobre o novo sistema.

Seis furacões surgem em média por ano no Atlântico, na região do Caribe e do Golfo Caribe. Nos Estados Unidos, os gastos com uma temporada de furacão giram em torno US$ 10 bilhões anualmente.


Foto: Furacão Katrina no interior do Golfo do México em agosto de 2005. Crédito: Modis/Nasa.


Leia mais sobre: Furacão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.