Atuação de calouro da rede pública na USP é melhor

No primeiro ano de curso na Universidade de São Paulo (USP), os calouros vindos de escolas públicas tiveram média 6,3 - 0,1 ponto superior à dos estudantes oriundos da rede particular. Eles foram beneficiados na Fuvest pelo programa de inclusão (Inclusp), que dá bônus no vestibular.

Agência Estado |

Depois de aprovados, a diferença no desempenho acadêmico passa de um ponto em muitos cursos. A maior delas foi registrada em Matemática, no câmpus de São Carlos, em que a média Inclusp foi de 6,2 e do restante, 4,0.

Em cursos tradicionais, como Medicina e Direito, a nota dos dois grupos foi exatamente a mesma (7,2 e 7,6, respectivamente). Já na Escola de Comunicação e Artes (ECA), foi o inverso: os alunos de escola particular se saíram melhor em quase todas as áreas. A média geral da unidade foi de 7,5 entre alunos de escolas particulares e 7,36 entre os que vieram das públicas.

O desempenho igual ou superior de jovens beneficiados por políticas de ação afirmativa se repete em outras universidades. Essas pessoas são o topo da escola pública e seus esforços individuais sempre foram importantes. Por isso, elas se adaptam mais ao ambiente hostil dos primeiros anos de curso, diz o coordenador do vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Leandro Tessler. A instituição tem resultados semelhantes em seu programa que dá pontos adicionais a alunos negros, índios e de escolas públicas.

Segundo a pró-reitora de graduação da USP, Selma Garrido Pimenta, o bom desempenho acadêmico dos ingressantes pelo Inclusp foi determinante para a ampliação do programa, anunciada na última terça-feira. A instituição passa a dar bônus de até 12% para o grupo de escola pública, o que inclui uma prova no ensino médio e maior valorização da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O estudo da USP se refere aos 2.719 alunos de escolas públicas ingressantes em 2007. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .N

    Leia tudo sobre: usp

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG