sete calouros vitímas de um trote violento ocorrido na última segunda-feira, abriu um canal direto para receber denúncias de agressões e intimidações de alunos." / sete calouros vitímas de um trote violento ocorrido na última segunda-feira, abriu um canal direto para receber denúncias de agressões e intimidações de alunos." /

Após trote violento, Unifeb abre canal para denúncias

O Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos (Unifeb), onde estudam os http://educacao.ig.com.br/us/2010/02/23/sete+alunos+sofrem+agressoes+durante+trote+violento+em+barretos+9406582.html target=_topsete calouros vitímas de um trote violento ocorrido na última segunda-feira, abriu um canal direto para receber denúncias de agressões e intimidações de alunos.

iG São Paulo |

A partir desta quarta-feira, o link para denúncia está disponível no site da instituição www.unifeb.edu.br . A ouvidoria e a reitoria da instituição vão averiguar as informações recebidas por meio do Denuncie Trote. O Unifeb destaca que irá tomar "as providências administrativas possíveis e encaminhar orientações no caso da necessidade de providências criminais".

Trote violento

Na última segunda-feira (22), sete alunos foram vítimas de um trote violento que aconteceu fora do campus. Veteranos despejaram o produto líquido creolina no corpo dos alunos novos, o que provocou alergias e queimaduras de primeiro grau.

Os calouros Ronier Jorge Ferreira da Silva, de 30 anos, e Patrick Adriano de Souza, de 23, registraram boletim de ocorrência na delegacia de Jaborandi, por lesão corporal dolosa. Os outro cinco não prestaram queixas e preferem esquecer o caso.

    Leia tudo sobre: trote estudantiltrote violento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG