Antonio Ronca é o novo presidente do CNE

Professor da PUC-SP assume presidência do conselho por dois anos. Câmaras de Educação Básica e Superior também têm novos líderes

Priscilla Borges, iG Brasília |

O Conselho Nacional de Educação (CNE) tem um novo presidente. O escolhido pelos conselheiros na tarde de terça-feira foi o professor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) Antonio Carlos Caruso Ronca. Formado em pedagogia e filosofia, Caruso possui títulos de mestrado e doutorado na área de psicologia da educação.

Caruso atua no CNE desde 2004 e ocupará a presidência por dois anos. O professor também é integrante do Conselho de Administração do Centro de Estudos e Pesquisa em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), do Conselho Consultivo do Centro de Atendimento ao Trabalhador e do Conselho da Fundação Abrinq.

Na Câmara de Educação Básica, o novo presidente será Francisco Aparecido Cordão, também antigo conselheiro. O primeiro mandato no CNE foi em 1998. Cordão foi presidente dessa câmara entre 2002 e 2006. O vice será Adeum Hilário Sauer, que foi secretário de Educação da Bahia e do município de Itabuna.

Os escolhidos para comandar a Câmara de Educação Superior são: o professor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) Paulo Speller, que será o presidente, e o professor da Universidade Federal de Juiz de Fora Paulo Monteiro Vieira Braga Barone, como vice. Barone acaba de encerrar o mandato à frente da Câmara de Educação Superior.

    Leia tudo sobre: CNEeducação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG