30 mil livros do professor são apreendidos em sebos do Recife

SÃO PAULO - A Delegacia de Repressão aos crimes contra a Propriedade Imaterial do Recife apreendeu na última sexta-feira mais de 30 mil livros didáticos do professor, que têm a venda proibida por conter neles as respostas das questões propostas aos alunos. Eles estavam sendo comercializados ilegalmente em sebos no centro da capital pernambucana.

Carolina Rocha, iG São Paulo |

 Livros apreendidos em sebos do Recife

Grande parte do material apreendido estava escondida em depósitos, responsáveis por abastecer os pontos de vendas. Foram presas 12 pessoas na operação e, de acordo com o delegado Tiago Cardoso, eles teriam adquirido os livros diretamente com as escolas da região do Recife e algumas de Teresina, no Piauí.

Ainda vamos apurar a origem, mas os acusados disseram que eles adquiriam com as escolas. Elas recebem as amostras das editoras, mas acabam não usando e repassam, explica o delegado.

O livro do professor tem venda proibida. De acordo com o delegado, a venda deles é crime de violação do direito autoral, previsto no art 184 do Código Penal.

As 12 pessoas assumiram o compromisso de comparecer à justiça quando intimadas e irão responder em liberdade pelo crime. Todo material será catalogado e recolhido ao depósito da polícia.  

    Leia tudo sobre: livros didáticos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG