Tamanho do texto

Prova será nos dias 12 e 13 de dezembro; entre os candidatos que farão o exame, estão os mais de 3 mil que foram prejudicados por falta de energia

De acordo com o Inep, o grau de dificuldade do Enem na segunda aplicação será o mesmo que o da primeira
Divulgação/Governo do Espírito Santo
De acordo com o Inep, o grau de dificuldade do Enem na segunda aplicação será o mesmo que o da primeira

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que farão a prova nos dias 12 e 13 de dezembro já podem consultar os locais de prova no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), na página do participante. Para acessar, é preciso estar munido do login e senha, cadastrados no momento da inscrição.

Leia também: Fez o Enem e não sabe como usar a nota? Veja quatro dicas de como se planejar

Essa será a segunda aplicação do Enem neste ano, e servirá apenas para quem foi impedido de realizar a prova e conseguiu a permissão do Ministério da Educação para prestar uma nova prova.

Entre os candidatos que farão o exame na próxima semana, na terça e quarta-feira, estão os 3.574 participantes que, por conta de problemas no fornecimento de energia elétrica, não puderam resolver as questões com a maioria dos inscritos. O imprevisto aconteceu em nove locais de Olinda (PE), Teresina (PI) e Uruaçu (GO).

Outros cinco casos são de atendimentos a demandas judiciais e 27 de deferimentos para atender quem passou por algum outro tipo de problema nos dias 5 e 12 de novembro, quando foram marcadas as provas originalmente.

Segundo o Inep, o grau de dificuldade da segunda aplicação será mantido, como na primeira prova.

Leia também: Edital do Enem para presos já está disponível pelo Inep

Presos

Além disso, na mesma ocasião, as Pessoas Privadas de Liberdade e Jovens sob Medida Socioeducativa (PPL) também farão a prova. Este ano, o Enem PPL recebeu 31.765 incrições nesta modalidade, em 577 municípios. O exame será aplicado em 1.078 unidades prisionais.

Primeira aplicação

A prova original do Enem deste ano aconteceu em novembro, em dois domingos. No primeiro dia, os candidatos enfrentaram as provas de ciências humanas e redação, que teve o tema "Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil". O assunto foi visto por muitas pessoas como "inesperado".

Já no domingo seguinte foi a vez das provas consideradas menos interpretativas e com mais cobrança de conteúdo. Na avaliação do professor de biologia Rubens Oda, do curso online Descomplica, a maior dificuldade que os candidatos enfrentaram na prova deste ano foi a presença de conteúdos esperados, mas cobrados com maior nível de detalhamento.

Leia também: Gabarito oficial do Enem é divulgado pelo Inep

    Leia tudo sobre: Enem