Confira quais são as dicas de possíveis assuntos para cair na prova de redação e saiba como se preparar para garantir uma nota ainda maior

Provas do Enem serão feitas em dois domingos, e a redação acontece no primeiro, no dia 5 de novembro
shutterstock/Reprodução
Provas do Enem serão feitas em dois domingos, e a redação acontece no primeiro, no dia 5 de novembro

A redação é uma das provas mais importantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), porque, diferente das outras, ela vale 1000 pontos, enquanto as avaliações sobre ciências da natureza, ciências humanas, matemática ou linguagens variam de acordo com o peso da questão.

Leia também: Foco nas datas! Inspirado no Lollapalooza, MEC faz anúncio importante sobre Enem

Por isso, estar preparado para a prova pode garantir um desempenho ainda maior na nota final. Entre as principais preocupações dos candidatos que farão a reação do Enem , conhecer sobre os possíveis temas é a mais importante. De acordo com os professores, se a edição deste ano seguir a mesma linha das anteriores, o assunto deverá continuar sendo situações sociais.

“A gente especula que a prova continue tratando de algum tema de grande abrangência e polêmica social, como tem sido nos últimos anos”, avalia o professor de sociologia e filosofia de uma escola particular do Rio de Janeiro Leandro Vieira, que também dá aula de atualidades para alunos que se preparam para a prova.

Entre as apostas do professor estão a questão ambiental e a mobilidade urbana, com foco no transporte público nas grandes cidades. “Esse tem sido um grande tema, desde os grandes eventos como a Copa e as Olimpíadas, e costuma ser cobrado na redação do Enem”, diz. Ele também lembra do assunto liberdade de expressão. “Nos últimos anos tem havido um grande debate sobre o que pode ou não ser dito, os limites para a liberdade de expressão”, diz.

Leia também: Nada de fraude: locais de aplicação do Enem terão detectores de ponto eletrônico

Assuntos

A professora do laboratório de redação de um colégio particular de São Paulo Maria Aparecida Custódio elaborou uma lista com cerca de 30 temas possíveis para a prova deste ano. Entre os destaques estão os caminhos para combater a homofobia no Brasil, a gravidez na adolescência, os hábitos alimentares relacionados à obesidade infantil, o bullying e a violência nas escolas.

Entre os temas ambientais, a professora destaca como possíveis assuntos a serem abordados na prova as crises hídrica e energética, o marco da biodiversidade, a produção de lixo e o consumo sustentável. “São assuntos da atualidade, que mobilizam a opinião pública e que são de interesse de todos nós”, diz.

A coordenadora de redação de uma escola de Brasília Carolina Darolt também aposta que a prova deve continuar abordando a temática social e comportamental, como nos últimos cinco anos. Ela também cita a questão ambiental, com foco na escassez da água e na Floresta Amazônica. Mobilidade urbana e bullying também são possíveis temas, segundo a professora.

No entanto, para Carolina, o aluno não deve perder tempo tentando adivinhar um possível tema da redação. “Estar preparado para receber qualquer tema é mais importante que acertar o tema. Ele deve pensar em referências textuais que poderiam permear muitos temas”, completa.

A prova do Enem deste ano deverá acontecer em dois domingos, pela primeira vez, nos dias 5 e 12 de novembro. A ordem de aplicação dos conteúdos também foi alterada. Desta vez, no primeiro dia serão aplicados os exames de Linguagens, Ciências Humanas e Redação, e os candidatos terão 5 horas e 30 minutos para a realização. Já no segundo dia, os participantes terão que lidar com as questões das provas de Matemática e Ciências da Natureza, com 4 horas e 30 minutos de duração.

Leia também: Aprovação no Enem ajuda a reduzir pena de 19 presos no Mato Grosso

*Com informações da Agência Brasil


    Leia tudo sobre: Enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.