'Deboche': Inep altera mais uma vez a data do Encceja e candidatos reclamam

Exame é direcionado a jovens e adultos que não concluíram os estudos e buscam uma certificação do ensino fundamental e médio; veja a nova data
Foto: Reprodução/Facebook
Aviso da mudança de data da prova do Encceja foi feito, pela página do Inep, com o uso de um gif animado

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira ( Inep ) anunciou, nesta terça-feira (19), que o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) sofreu uma nova alteração de data . Essa é a segunda vez que o instituto altera a data da aplicação da prova, que já foi prevista para o dia 8 de outubro, para o dia 22 de outubro e, agora, está marcada para o dia 19 de novembro.

Segundo o Inep, a mudança de data foi necessária por causa de um atraso na homologação da licitação, o que inviabilizou a distribuição dos participantes nos locais de prova dentro do cronograma. A alteração – que foi anunciada no Facebook do Inep com o uso de um gif animado – não foi vista com bons olhos por grande parte dos participantes do Encceja .

"Mudou de novo. Acho que vai acabar ficando pro ano que vem kkk", escreveu uma internauta. "Ta de sacanagem já, né, velho... Meu Deus, cara. Que 'trocação' de data é essa, pelo amor de Deus", reclamou outro. "Esse povo debocha do pessoal!", exclamou um terceiro. 

Ainda de acordo com o Inep, o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para pessoas privadas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa (Encceja PPL) também terá nova data: 21 e 22 de novembro.

Certificação do ensino fundamental ou médio

O exame é direcionado a jovens e adultos residentes no Brasil ou no exterior que não concluíram os estudos em idade apropriada .

Os participantes que buscam certificação do ensino fundamental precisam ter, no mínimo, 15 anos completos na data de realização do exame. Aqueles que pleiteiam certificação do ensino médio devem ter, no mínimo, 18 anos completos.

Hoje, não é mais permitido o uso do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como certificação do ensino médio, como era possível até o ano passado.

Problemas nas inscrições

As inscrições para o exame tiveram início no dia 7 de agosto e foram até o dia 18 do mesmo mês. No curto período das inscrições, no entanto, muitos participantes se confundiram, não foram informados ou erraram na hora de preencher a ficha. 

Esse episódio foi relembrado nesta terça-feira, devido à nova alteração da data da prova. "Acho engraçado que mudam a data [da prova], mas a data de inscrição não mudaram. Quanta gente ficou sabendo depois que passou... aqui no Sul foi mal divulgado e muitos ficaram sem saber", afirmou uma internauta.

"Atenção Inep milhares de inscrições foram feitas de forma incorreta. Poderiam oportunizar ao inscritos a possibilidade de adequacao das matérias? São inúmeros os motivos de erro na inscrição, são pessoas que prezam pela educação e precisam dessa oportunidade para concluir os estudos", publicou outra. "Por gentileza, usem o bom senso e permitam que os inscritos regularizem os dados das matérias!!!! Educação é primordial para o ser humano!!!", terminou.

Mudanças 

Além da alteração da data, o exame desse ano tem uma outra novidade: nesta edição, o participante não poderá levar o caderno de questões ao término da prova.

Outras mudanças no edital do exame dizem respeito à certificação. Neste ano, diferente dos demais, as secretarias estaduais de educação utilizarão os resultados individuais do exame para a certificação de conclusão do ensino fundamental e do ensino médio. 

Leia também: Enem não servirá mais para conclusão do ensino médio, diz ministro da Educação

Para a presidente do Inep, Maria Inês Fini, o Encceja é o instrumento mais adequado para avaliar as pessoas que não tiveram oportunidade de concluir os estudos em idade apropriada. 

Link deste artigo: http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/2017-09-19/encceja-nova-data-prova.html