Professor de Educação Física de 25 anos fez brincadeira com os participantes que sempre chegam depois do horário aos locais de prova em todo o Brasil

Professor de Educação Física utilizou grade para se fantasiar de atrasado do Enem; material foi furtado depois
Reprodução/Facebook/Italo Sena
Professor de Educação Física utilizou grade para se fantasiar de atrasado do Enem; material foi furtado depois

Todo ano é a mesma coisa: centenas de estudantes acabam chegando atrasados aos locais de prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Apesar do desespero e do choro dos envolvidos, a situação acaba rendendo piadas e memes nas redes sociais. Como muitos já sabem, na internet o brasileiro perde o amigo, mas não perde a piada.

Leia também: Saiba tudo sobre o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio)

Em Olinda (Pernambuco), onde acontece um dos carnavais mais badalados do Brasil, um jovem de 25 anos aproveitou a ocasião neste ano para relembrar os tradicionais atrasos. O professor de Educação Física Italo Sena foi a um dos blocos na cidade fantasiado de atrasado do Enem . Os adereços fizeram a alegria dos foliões, que aproveitaram para fazer fotografias e vídeos.

Para compor o visual, ele utilizou um pedaço de grade na qual estava afixado um papel com o logotipo do Exame Nacional do Ensino Médio e um aviso indicando o horário de fechamento dos portões: meio-dia. Ao lado, uma outra placa preta simulava o horário: 12h02. Dois minutos de atraso. Não adianta mais chorar: ninguém mais entra. A inusitada fantasia acabou sendo destaque em diversas páginas na internet e até em programas de televisão. Em uma das mãos, como é carnaval , a lata de cerveja não poderia faltar.

Leia também: Conheça a história de um preso que participou do Enem

Porém, nem tudo são flores. Dizem que zombar do azar de alguém traz má sorte. No caso de Sena, a máxima foi verdadeira. Em um momento de distração, quando o professor foi ao banheiro, a grande que compunha sua fantasia foi furtada. De repente o ladrão foi alguém que realmente já se atrasou para a prova e ficou irritado com a brincadeira.

Consulta pública

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), autarquia vinculada ao MEC (Ministério da Educação) responsável pela organização e aplicação da prova, deixou aberta até o dia 17 de fevereiro uma consulta pública em seu site oficial para colher sugestões de estudantes para eventuais mudanças no exame .

Entre as possibilidades de alteração no formato da prova está a realização do Enem em apenas um dia – atualmente são dois. Outra mudança estudada é a aplicação da prova pela internet. O Inep ainda não informou quando irá divulgar os resultados da pesquisa e também não respondeu ao iG o número atualizado de pessoas que participaram da consulta pública.

    Leia tudo sobre: Enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.