Durante posse de novo ministro da Educação, presidente disse que pré-sal será responsável por revolução na educação

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (6) que a luta pela recuperação da Petrobras é um compromisso do governo dela. A afirmação foi feira durante seu discurso na cerimônia de posse do novo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro. 

"A luta pela recuperação da Petrobras é minha e do meu governo", disse em menção à Operação Lava Jato. "O que está em jogo nessa luta em defesa da Petrobras e do controle do pré-sal é nossa soberania, é o futuro do nosso país e da educação", falou fazendo referência à importância dos royalties do pré-sal para o financiamento da educação pública. 

A presidente garantiu ainda que os cortes no orçamento não afetarão as políticas de educação do governo federal. 

"Eu garanto às brasileiras e aos brasileiros que a necessidade imperiosa de promover ajustes na nossa economia, reduzindo despesas do governo, não afetará os programas essenciais e estruturantes do Ministério da Educação."

A presidente congratulou Janine Ribeiro, que é professor de ética e filosofia política da Universidade de São Paulo. "Ele é uma feliz novidade porque é um ministro educador em uma pátria educadora", disse ela, que desejou muita sorte "diante dos enormes desafios que ele enfrentará".

No discurso, a presidente afirmou que o governo federal está criando "uma escola e uma universidade com o jeito, o rosto e as cores do povo brasileiro."

Dilma relembrou o compromisso assumido pelo País com o Plano Nacional de Educação, assinado por ela em 2014, e disse que os recursos do pré-sal serão responsáveis por revolucionar a educação. Segundo ela, hoje 27% da produção de petróleo do País vêm de campos de petróleo do pré-sal. 

Durante a posse, o novo ministro não fez discurso. Está marcada uma entrevista coletiva para a tarde desta segunda-feira (6). 

Embora conte com apoio e reconhecimento no meio acadêmico, o futuro ministro assumirá o cargo em meio ao corte de gastos nos ministérios e ameaça de greve de professores universitários. Confira na galeria os desafios de Renato Janine.



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.