Mais de 1,4 milhão de estudantes fizeram o exame que define se os alunos poderão ou não continuar seus estudos na Índia

AP

Cerca de 600 alunos indianos foram expulsos da escola nesta sexta-feira (20) por fraudar um exame com ajuda de seus pais. Os pais foram flagrados escalando os muros da escola para passar "cola" para os estudantes. 

O caso aconteceu no Estado de Bihar, na região leste da Índia. Mais de 1,4 milhão de estudantes do 10° ano da educação básica fizeram exames nesta semana. O resultado do teste define se os alunos poderão ou não continuar seus estudos. 

Indianos escalam prédio escolar para passar cola para estudantes na cidade de Hajipur
AP Photo/Press Trust of India
Indianos escalam prédio escolar para passar cola para estudantes na cidade de Hajipur




Os professores e funcionários do Departamento de Educação do Estado, responsáveis por supervisionar o exame, flagraram centenas de estudantes com pedaços de papel e livros durante a prova.

"É praticamente impossível realizar exames justos sem a cooperação dos pais", disse PK Shahi, ministro da Educação de Bihar. Ele disse que não era possível monitorar os 6 milhões de pais e responsáveis que acompanham os alunos até os centros de exame.

Cerca de 24 pessoas foram detidas por passarem cola para estudantes, mas todos foram liberados após algumas horas.

Relembre casos de fraude em exames e vestibulares brasileiros


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.