Na Índia, 600 alunos são expulsos após pais serem flagrados 'passando cola'

Por AP | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Mais de 1,4 milhão de estudantes fizeram o exame que define se os alunos poderão ou não continuar seus estudos na Índia

AP

Cerca de 600 alunos indianos foram expulsos da escola nesta sexta-feira (20) por fraudar um exame com ajuda de seus pais. Os pais foram flagrados escalando os muros da escola para passar "cola" para os estudantes. 

O caso aconteceu no Estado de Bihar, na região leste da Índia. Mais de 1,4 milhão de estudantes do 10° ano da educação básica fizeram exames nesta semana. O resultado do teste define se os alunos poderão ou não continuar seus estudos. 

Indianos escalam prédio escolar para passar cola para estudantes na cidade de Hajipur
AP Photo/Press Trust of India
Indianos escalam prédio escolar para passar cola para estudantes na cidade de Hajipur




Os professores e funcionários do Departamento de Educação do Estado, responsáveis por supervisionar o exame, flagraram centenas de estudantes com pedaços de papel e livros durante a prova.

"É praticamente impossível realizar exames justos sem a cooperação dos pais", disse PK Shahi, ministro da Educação de Bihar. Ele disse que não era possível monitorar os 6 milhões de pais e responsáveis que acompanham os alunos até os centros de exame.

Cerca de 24 pessoas foram detidas por passarem cola para estudantes, mas todos foram liberados após algumas horas.

Relembre casos de fraude em exames e vestibulares brasileiros

Em novembro, 11 integrantes de uma quadrilha e 22 candidatos foram presos em Minas Gerais por fraude em vestibulares de medicina e no Enem. Alunos pagavam até R$ 200 mil. Foto: Divulgação/André Lana/MPMGA quadrilha de Minas Gerais usava um aparelho com GSM disfarçado de cartão crédito como celular para receber as informações e transmitir ao ponto eletrônico dos alunos. Foto: Divulgação/André Lana/MPMGUm candidato do Piauí denunciou à PF ter recebido o tema da redação do Enem antes da prova pelo WhatsApp. Alunos do Ceará afirmaram também ter recebido a foto. Foto: Reprodução/FacebookA perícia da Polícia Federal confirmou o vazamento da imagem com o tema da redação do Enem 2014. Ainda não se sabe de onde veio a foto e quantas pessoas receberam. Foto: Agência BrasilDurante o Enem 2014, dois candidatos foram presos em Juazeiro do Norte (CE) com o gabarito do primeiro dia do exame no celular. A PF prendeu outras 4 pessoas suspeitas. Foto: Tomaz Silva/Agência BrasilEm Uberaba (MG), sete candidatos foram presos suspeitos de tentativa de fraude no vestibular de medicina da Uniube. Os estudantes teriam pagado R$ 10 mil. Foto: DivulgaçãoEm Ribeirão Preto, 11 suspeitos foram presos em agosto por fraude no vestibular de medicina da Uniseb. De acordo com a PM, 7 estudantes teriam pagado R$ 60 mil por vaga. Foto: Divulgação/UnisebDois professores e um candidato foram presos no Maranhão após fraudarem o vestibular de medicina do Uniceuma. O candidato pagou R$ 50 mil aos professores pelo gabarito. Foto: Wikimedia Commons


Leia tudo sobre: indiacolaeducação

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas