Unidades escolares de ensino fundamental e médio das redes privada e pública serão obrigadas a adquirirem o livro religioso

Uma nova lei obriga as escolas das redes pública e privada de Florianópolis a manterem uma Bíblia em "local de destaque". A regra foi publicada na última terça-feira (17) no Diário Oficial de Florianópolis.

O texto obriga as escolas a disponibilizarem o livro religioso em formato impresso, na versão em braile e em áudio. 

Lei obriga escolas de Florianópolis a terem Bíblia
Marcos Santos/USP Imagens
Lei obriga escolas de Florianópolis a terem Bíblia

"Durante e semana que antecede o Dia do Livro, será permitido a instituições que assim desejarem distribuir exemplares da Bíblia nos pátios da escola, desde que acordado previamente com a direção escolar." 

Os gastos com a compra do material ficarão por conta das escolas, segundo a lei.

Para o presidente do Sindicato das Escolas Particulares de Santa Catarina (Sinepe), Marcelo Batista de Sousa, a lei já nasceu morta.

"O Estado é laico e não pode exigir estas manifestações religiosas, tampouco proibir. Eu tenho fé que o próprio Ministério Público perceba e entre com uma ação. Se isso não ocorrer, o sindicato irá entrar com uma ação", disse o presidente em nota.

O Ministério Público ainda não respondeu à reportagem se pretende tomar providências em relação à lei municipal.

Ensino religioso
Está em debate no Supremo Tribunal Federal a adoção do ensino religioso nas escolas públicas . A ação, proposta pela Procuradoria-Geral da República em 2010, defende que o ensino religioso só pode ser oferecido se o conteúdo programático da disciplina consistir na exposição “das doutrinas, das práticas, das histórias e da dimensão social das diferentes religiões”, sem que o professor tome partido.

Segundo a procuradoria, o ensino religioso no País aponta para a adoção do “ ensino da religião católica” e de outros credos, fato que afronta o princípio constitucional da laicidade.

O ensino religioso está previsto  Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e no Decreto  ( 7.107/2010), acordo assinado entre o Brasil e Vaticano para ensino da matéria.

Veja alguns dos problemas da educação brasileira


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.