Caminhão com os cartões de respostas de 1.674 candidatos foi roubado na cidade do Rio de Janeiro em 16 de dezembro

Agência Brasil

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)  2014 serão reaplicadas para 1.674 pessoas privadas de liberdade nos estados de Pernambuco e do Ceará amanhã (15) e sexta-feira (16). Todos farão as provas do primeiro dia e 1.662 farão as provas aplicadas no segundo dia.

Veja como nota do Enem pode ser usada
529 mil candidatos tiraram zero na redação
Só 10,6% conseguem certificado do ensino médio no Enem 2014

Os cartões de resposta e as provas desses estudantes estavam dentro do caminhão dos Correios que foi roubado na cidade do Rio de Janeiro em 16 de dezembro. A Polícia Federal investiga o caso, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

O exame será reaplicado em 45 unidades prisionais de 23 municípios. Para garantir que os estudantes possam participar do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que abre as inscrições no próximo dia 19, uma força-tarefa foi criada para a aplicação e a correção dos testes. Para participar do Sisu, é preciso usar a nota do Enem de 2014. A inscrição desses participantes deve ser feita pelo coordenador pedagógico da unidade prisional.

O exame regular do Enem foi aplicado aos presos e internos de unidades socioeducativas nos dias 9 e 10 de dezembro de 2014. A nota do exame pode ser usada para o acesso a cursos de educação superior e para obter a certificação do ensino médio.

    Leia tudo sobre: enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.