Nota do Enem será divulgada nesta terça-feira; veja como pode ser usada

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

A partir da próxima semana, candidatos poderão se inscrever nas mais de 205,5 mil vagas em instituições públicas de ensino

As notas individuais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014 serão divulgadas na tarde desta terça-feira (13) no site do Inep, de acordo com o Ministério da Educação.

A avaliação no exame nacional pode ser usada para concorrer a vagas em universidades públicas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que abre inscrições no dia 19, para se candidatar a bolsas de estudo pelo ProUni, com inscrições a partir do dia 26.

A nota serve ainda para conseguir o certificado de ensino médio e até mesmo tentar uma bolsa de intercâmbio pelo Ciência sem Fronteiras.

Confira abaixo como você pode usar sua nota no Enem 2014

Sisu 2015

Entre os dias 19 e 22 de janeiro, os estudantes podem concorrer a vagas públicas em 5.631 cursos de 128 instituições públicas de educação superior. A lista com as 205,5 mil vagas ofertadas pelo Sisu pode ser consultada aqui.

Veja as notas de corte do Sisu 2014
Confira dicas para escolher curso e instituição no sistema

Para se inscrever, o candidato precisa ter feito o Enem 2014 e não pode ter tirado nota zero na redação.

Pela Lei de Cotas, ao menos 37,5% das vagas deste ano são reservadas a estudantes de escola pública. No entanto, 68 das 99 instituições federais participantes do sistema já reservam 50% ou mais de suas cadeiras para egressos de escolas públicas.


ProUni

O programa federal distribui bolsas de estudos parciais e integrais a estudantes de baixa renda, que tenham cursado o ensino médio completo em escola pública ou em instituição privada com bolsa integral. Também podem se beneficiar no programa pessoas com deficiência e professores da rede pública.

Inscrições para Prouni começam dia 26
40% dos estudantes de ensino superior usam ProUni ou Fies

As bolsas integrais podem ser concedidas a candidatos que tenham renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa. Alunos com renda familiar bruta de até 3 salários mínimo por pessoa podem concorrer a bolsas de estudo parciais em instituições privadas.

As inscrições estarão abertas entre os dias 26 e 29 de janeiro.

Para participar do processo seletivo, o estudante não pode ter diploma de ensino superior, precisa ter obtido, ao menos, 450 pontos no exame e nota diferente de zero na redação

Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa oferece o financiamento da graduação em instituições de ensino superior particulares com juros de 3,4% ao ano. O Fies funciona como um empréstimo para pagar as mensalidades, com a diferença que o estudante paga a conta somente após a formatura.

Faculdades privadas pressionam MEC a liberar Fies para cursos a distância

Com as novas regras publicadas pelo MEC em dezembro de 2014, para ter direito ao Fies o estudante precisa ter feito, ao menos, 450 pontos no Enem e não ter tirado zero na redação.

Ensino Médio

A nota do Enem também pode ser usada para conseguir a certificação de ensino médio para quem não concluiu a etapa escolar. Para isso, é preciso ter mais de 18 anos e nota acima de 450 pontos no exame.

Os candidatos devem procurar as secretarias estaduais de Educação ou um dos 38 institutos federais de educação, ciência e tecnologia do país que oferecem o serviço de certificação.

Ciência sem Fronteiras

Os estudantes de ensino superior que pretendem uma vaga no programa federal de intercâmbio, Ciência sem Fronteiras, é preciso ter feito o Enem e ter uma nota superior a 600 pontos no exame, segundo o portal do programa.

Ao custo de R$ 3 bi, Ciência sem Fronteiras não tem métrica eficaz de qualidade

Leia tudo sobre: enemsisuvestibularprounifies

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas