Prova de química foi considerada a mais difícil e exame de biologia foi o mais fácil, segundo professores de cursinho

O terceiro e último dia de provas da segunda fase da Fuvest teve questões com temas 'clássicos', que aparecem com frequência no vestibular da USP, e exigiram paciência de quem fez as provas de exatas. 

O exame de química foi considerado o mais difícil e o de biologia, o mais fácil, segundo professores de cursinho. 

"A prova de hoje reuniu características positivas de exames clássicos, com temas importantes e boa distribuição de assuntos", aponta Edmilson Motta, coordenador do cursinho Etapa. 

Para a professora Vera Lúcia Antunes, do curso e colégio Objetivo, as provas tiveram um nível adequado para a concorrida seleção de alunos. No entanto, reclamou da falta de espaço para a resolução de questões de matemática. 

"As questões de exatas foram trabalhosas, sobretudo matemática. Em três questões, os alunos não tinham espaço para resolverem adequadamente as perguntas, que tinham três subitens cada", considera Vera.

Nas questões de humanas, Motta destacou a contextualização e o uso de diversas linguagens nas perguntas. "Na prova de história, por exemplo, tinha uma questão sobre a Guerra Civil Espanhola a partir de dois cartazes."

2.616 candidatos não fizeram provas

Cerca de 2,6 mil convocados não compareceram às provas na segunda etapa do vestibular que seleciona alunos para a Universidade de São Paulo e para a Faculdade de Ciências Médicas de São Paulo. O número representa 8,8% dos 29.698 chamados para essa etapa.

No domingo (4), os estudantes fizeram a prova de português, literatura e redação. Neste ano, o tema da redação foi segregação social e democracia.

Na segunda, a prova de conhecimentos gerais teve questões de grande interdisciplinariedade e nível de dificuldade mediano . O destaque foi para o número de questões com temas contemporâneos.

Resultado sai no dia 31

Os alunos que concorrem a vagas no curso de Artes Cênicas, Música em Ribeirão Preto, Audiovisual ou Arquitetura ainda terão provas de habilidades específicas entre os dias 7 e 10 de janeiro. 

A divulgação da primeira chamada está prevista para 31 de janeiro.

Em disputa estão 11.057 vagas na Universidade de São Paulo e outras 120 cadeiras na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Conheça famosos que estudaram na USP


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.