Segunda fase da Fuvest começa neste domingo; veja dicas para a prova

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Alunos terão quatro horas para responder a dez questões dissertativas de português e literatura e escrever uma redação

Começa neste domingo (4) a segunda fase da Fuvest. No primeiro dos três dias de prova, os alunos terão quatro horas para responder a dez questões dissertativas de português e literatura e escrever uma redação. Os portões estarão abertos a partir das 12h30 e a prova começa às 13h. Atrasos não são tolerados.

Na segunda-feira (5), os candidatos voltam ao local de prova para responder a 16 questões dissertativas de conhecimentos gerais, incluindo questões de biologia, física, geografia, história, inglês, matemática e química.

Na terça-feira (6), então, os estudantes têm pela frente 12 perguntas sobre as disciplinas específicas da carreira na qual concorrem por uma vaga.

Em disputa estão 11.057 vagas na Universidade de São Paulo e outras 120 cadeiras na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

O iG reuniu dicas dadas pelos professores Célio Tasinafo, do cursinho Oficina do Estudante, e Márcio Guedes, do cursinho Poliedro, para a reta final do vestibular. Confira dicas para a prova deste domingo:

1. Documento de identificação, alimentos e caneta a postos
Não esqueça de ter o documento oficial com foto à mão para apresentar ao fiscal nos dias de prova. Os alunos podem levar lápis, caneta, borracha, régua e compasso para o exame. Equipamentos eletrônicos, como celular, deverão ficar desligados durante a prova.

2. Atenção máxima ao enunciado
Leia mais de uma vez o enunciado de cada questão para saber exatamente o que a banca espera naquela resposta. Se a pergunta pede para citar, cite. Se pede para explicar, explique. Comparar, compare. Não enrole nas respostas. Seja pontual e objetivo.

3. Comece a prova pelas questões que sabe responder
Responda primeiro as questões sobre temas que tem maior domínio. Assim você garante responder bem as perguntas em que tem maiores chances de pontuar e guarda o tempo que sobrar para pensar melhor sobre as perguntas em que tem dúvidas.

4. Não deixe respostas em branco
É melhor fugir do tema que não responder a uma pergunta. Mesmo se você não souber a resposta exata de uma questão, mostrar que tem conhecimentos sobre assunto pode render algum ponto na correção. Importante lembrar que a dica vale para as provas da Fuvest, que não tem pontuação negativa para erros.

5. Preste atenção no relógio
Cuidado com o tempo. Fazer toda a prova a lápis e depois repassar à caneta pode não dar tempo. Se tiver certeza da resposta, transcreva já a caneta. Não se preocupe com rasuras. Se errar, rabisque o que não deve ser corrigido e prossiga com a resolução.

6.   Alimente-se durante a prova
As provas têm duração de quatro horas e os candidatos podem levar alimentos leves, como frutas, chocolate e barras de cereal, e água para dentro da sala de exame. A parada para se alimentar pode ajudar como um momento de descanso para evitar o estresse e melhorar o rendimento.

Confira temas de atualidade que podem cair na prova:

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER - Em pesquisa do Ipea, 1 em cada 4 brasileiros concordou que mulher que usa roupas que mostram o corpo merece ser atacada. O levantamento gerou campanhas contra a violência de gênero. Foto: ReproduçãoCONFLITO DO ORIENTE MÉDIO - Uma nova onda de ataques aumentou o acirramento da tensão entre árabes e judeus. O tema pode aparecer na prova de vestibular com questões sobre o Oriente Médio . Foto: AFPRACISMO - A discriminação contra jogadores negros, como o goleiro Aranha e o volante Tinga, chamou a atenção para o preconceito racial existente no País. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAEPIDEMIAS - Surtos de doenças altamente contagiosas, como a dengue, a meningite e o ebola (foto), podem aparecer em questões de biologia. Foto: APDESCARTE DE LIXO - Até agosto deste ano todas as cidades do País deveriam fechar seus lixões. No entanto, 39% dos municípios não atingiram a meta. Foto: Pedro Kirilos / Agência O GloboCRISE NA UCRÂNIA - Parte da antiga União Soviética, a Ucrânia vive uma crise econômica e política que esbarra na questão das fronteiras e da identidade cultural. Foto: ReutersPROTESTOS - Desde junho de 2013, as grandes cidades brasileiras foram tomadas por protestos exigindo o cumprimento de seus direitos sociais, como moradia, educação e saúde de qualidade. Foto: Luiz Claudio Barbosa/Futura PressDITADURA MILITAR - A ditadura e a democracia do País voltaram ao debate neste ano, que marcou 50 anos do Golpe Militar no País e 30 anos das Diretas Já. Foto: Renato S. Cerqueira/Futura PressCRISE DA ÁGUA - O problema de abastecimento enfrentado pela região Sudeste chama a atenção para a necessidade de uso racional dos recursos naturais. Foto: AFPPLANO REAL - Há 20 anos era implementado um plano para controle da inflação com uma nova moeda, durante a presidência de Itamar Franco (foto). Foto: Arquivo pessoal


Leia tudo sobre: fuvestvestibularfuvest 2015

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas