Quer estudar fora? Saiba como entrar em uma faculdade dos Estados Unidos

Por Artigo - Alex Aberg Cobo |

compartilhe

Tamanho do texto

Universidades exigem testes de língua, de conhecimentos, histórico escolar e carta de recomendação traduzidos

Inscrever-se para uma faculdade dos EUA exige muito tempo e energia, e também pode ser caro. Assim, é importante fazer uma boa pesquisa e aplicar para entre oito e treze escolas com as quais o estudante sabe que tem familiaridade.

+ Saiba quanto custa o intercâmbio de 6 meses de inglês em Toronto, NY e Londres
+ Quanto custa estudar em uma faculdade no exterior?

Em termos de exigências, os candidatos devem fazer o TOEFL para demonstrar evidências de proficiência em Língua Inglesa. Entretanto, algumas faculdades não exigem notas de TOEFL dos estudantes que fazem o SAT e/ou o ACT, dois exames padronizados que medem aptidão acadêmica, e que as mais seletivas universidades exigem. Algumas faculdades também exigem dos candidatos que façam os chamados SAT Subject Tests, que são exames que mostram conhecimento em assuntos particulares.

Para se sair bem nestes exames cronometrados os estudantes devem fazer uma boa preparação, geralmente com meses de antecedência. Alguns estudantes até mesmo contratam tutores particulares para aumentar suas chances de obterem notas competitivas (normalmente acima de 650 pontos em cada prova do SAT ou SAT Subject Tests, ou acima de 30 no ACT). Vale a pena dizer que algumas universidades não exigem o SAT, mas têm seus próprios exames admissionais.

+ Conheça vantagens e desvantagens de estudar fora
+ Leia outras notícias sobre intercâmbio

Além disso, os candidatos devem submeter históricos acadêmicos (estudantes do exterior devem enviar registros traduzidos para o Inglês, e algumas vezes também certificados) mais as cartas de recomendação de professores, e redações descrevendo a si mesmo e seus interesses na faculdade em particular.

Quando se inscrever?

É importante fazer a inscrição o mais cedo possível, uma vez que isso muitas vezes aumenta as chances de ser admitido. As faculdades normalmente mantêm rodadas antecipadas e regulares de inscrição, que se estendem a partir de outubro do último ano do aluno no Ensino Médio até o segundo trimestre do ano seguinte. As faculdades possuem limites e restrições para países e regiões. Assim, os primeiros estudantes que se inscrevem possivelmente terão uma vantagem.

Estudantes que se inscrevem cedo normalmente recebem respostas das faculdades por volta da metade de dezembro, enquanto aqueles que se inscrevem por meio de ações regulares têm a resposta entre março e abril. A maioria das faculdades espera que os estudantes escolham sua destinação até o dia 1º de maio, levando em conta a National Reply Date (data nacional limite para respostas).


Divulgação
Alex Aberg Cobo

Alex Aberg Cobo é diretor da Universidade Minerva para a América Latina, é formado em Direito, fez MBA em Harvard e trabalhou no Morgan Stanley, Deutsche Bank, e em gestoras de fundos.


Leia tudo sobre: intercâmbioeuaensino superior

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas