Jovem com autismo faz Enem para tentar vaga em webdesign

Por Bárbara Libório - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

No primeiro dia do exame, organização disponibilizou dois profissionais para ajudarem a estudante durante a prova

Fernanda Sazuki é o nome artístico de Fernanda Nascimento, de 21 anos, que aos 11 recebeu o diagnóstico de autismo moderado. Este ano ela é uma das candidatas que está prestando o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Com a nota da prova, Fernanda quer o certificado de conclusão do ensino médio - ela concluiu até o nono ano do ensino fundamental - para pleitear uma vaga no curso de graduação em webdesign.

"Ontem foi muito tranquilo. A organização disponibilizou dois profissionais [um escrevedor e um ledor] que me ajudaram durante toda a prova", conta Fernanda.

Foi em 2012 que sua mãe, a assistente nacional Regiane Nascimento, entrou em contato com o Ministério da Educação (MEC) para que sua a autista pudesse prestar o exame. Em 2013, Fernanda tentou realizar a prova, mas cegou atrasada ao local.

Veja fotos do Enem 2014:

Fernanda Sazuki com a mãe, Regiane Nascimento; jovem tem autismo moderado e faz Enem para pleitear certificado do ensino médio (9/11). Foto: Barbara Liborio/iG8.nov.2014 - Fernando Henrique, 20, deixa local de prova na Barra Funda (em São Paulo) no primeiro dia de exame. Foto: Barbara Liborio/iG8.nov.2014 - Raimunda de Souza, 40, chegou antes do meio dia com a filha Luana, 19 . Foto: Barbara Liborio/iG8.nov.2014 - A candidata Cláudia Luna, 35, fez as provas do primeiro dia do Enem 2014 na Barra Funda, em SP. Foto: Barbara Liborio/iG8.nov.2014 - Após terminar a prova do primeiro dia do Enem 2014, o candidato Felipe Assunção, 18, está mais confiante para a prova de exatas amanhã. Foto: Barbara Liborio/iGEstudante chega atrasada no campus da Uerj, no Rio (8/11). Foto: Tomaz Silva / Agência BrasilEstudante não consegue entrar para a prova (8/11). Foto: Tomaz Silva / Agência BrasilGabrielle Bittencourt se perdeu no metrô, chegou atrasada e perdeu a prova. Foto: Barbara Liborio/iGCamila Trota errou o local, chegou atrasada e perdeu prova. Foto: Barbara Liborio/iGCandidata corre para entrar antes do fechamento dos portões. Foto: Agência BrasilLuandra Pereira, 21 anos, chegou atrasada e não conseguiu fazer a prova. Foto: Barbara Liborio/iGCandidata chega atrasada e fica de fora do Enem. Foto: Agência BrasilCandidatos chegam à UERJ, no Rio, para primeiro dia do Enem. Foto: Tomaz Silva / Agência BrasilHomem confere local de prova em cartão de confirmação do Enem. Foto: Agência BrasilMulher vende caneta na porta de local de exame . Foto: Agência BrasilEstudantes chegam para o Enem na Universidade Uniceub, na Asa Norte, Brasília. Foto: Wilson Lima/iG BrasíliaEstudantes se aproximam do portão de entrada da Universidade Uniceub, na Asa Norte, em Brasília. Foto: Wilson Lima/iG BrasíliaAmanda Garrido ouve Avenged Sevenfold antes do início da prova em SP. Foto: Barbara Liborio/iGLaís ao lado do pai, Paulo Tanaka, curtem música antes da prova. Foto: Barbara Liborio/iGAlunos aguardam abertura dos portões no campus da UFRJ, no Rio de Janeiro. Foto: Futura PressAlunos aguardam abertura dos portões no campus da UFRJ, no Rio de Janeiro. Foto: Futura PressFernanda, 21, tem autismo e sonha em fazer web designer. Ela aguarda abertura dos portões na Uninove, Campus Barra Funda, em SP . Foto: Futura PressAglomeração de estudantes no momento em que os portões abriram, em São Paulo. Foto: Barbara Liborio/iGElizabeth Gomes, 67, está em busca do certificado do ensino médio. ""Não pude estudar na época certa", diz ela, que sonha em fazer faculdade de matemática. Foto: Barbara LibórioO aposentado José Petronilho, 52, veio fazer a prova em busca de uma nota que lhe renda uma bolsa de estudos no curso de medicina veterinária. Foto: Barbara LibórioMovimentação dos alunos à espera da abertura dos portões. Foto: Barbara Liborio/iGVista da aula de matemática improvisada. Foto: Barbara Liborio/iGProfessor Márcio Barbosa dá aula de matemática na 'porta do Enem' em SP. Foto: Barbara Liborio/iGAlexandre Neto, 22, aproveitou a aula para pegar algumas dicas . Foto: Barbara Liborio/iGAs estudantes Gabriela Torres e Alana Calixto não assistiram à aula com medo de se confundirem. Foto: Barbara Liborio/iGMovimentação de alunos à espera da abertura dos portões para o Enem. Foto: Barbara Liborio/iGMovimentação dos alunos à espera da abertura dos portões. Foto: Barbara Liborio/iGAnna Stefani trouxe a mãe e o irmão com ela; jovem quer uma vaga na medicina da Unifesp. Foto: Barbara Liborio/iGAlexandre Barbosa, 21, chegou às 9h para evitar imprevisto. Ele quer uma vaga no curso de Direito em federais. Foto: Barbara Liborio/iGIngrid Medina, 16, está no 2º ano do Ensino Médio e presta o Enem como treineira. Ela quer estudar medicina na UNIFESP. Foto: Barbara Liborio/iG

Neste domingo (9), ela trouxe seus desenhos ao campus da Uninove na Barra Funda. "Meu sonho é dar vida a eles. Quero aprender animação gráfica e dublagem para isso."

Fernanda também é apaixonada por fotografia de aviões, e quer se especializar nessa área. Ela conta que vai ao aeroporto todos os domingos, com o pai, para treinar a arte.

"Quero servir de exemplo para que outros autistas venham prestar o Enem. Eles também podem, também temos esse direito", diz a artista.

Regiane conta que só de Fernanda participar desse processo, independente do resultado, já é uma vitória. "Desde ontem tenho recebido muitas mensagens de mães de lugares distantes agradecendo pela inspiração", conta.

Leia tudo sobre: enemenem 2014

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas