Mesmo formado, jovem presta Enem todo ano: "Ainda sinto frio na barriga"

Por Beatriz Atihe - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Wesley Oliveira ainda realiza exame como forma de avaliação acadêmica. Para ele, a prova amadureceu ao longo dos anos

Desde sempre, Wesley Oliveira, 24 anos, sabia que havia nascido para negócios e comunicação. Mas desde sempre ele também sabia que seria muito difícil ter dinheiro para pagar a mensalidade da universidade. Foi o Enem que lhe deu outra perspectiva. 

Egresso de escola pública, ele precisou estudar muito para conseguir no Enem uma pontuação que lhe desse a chance de pleitear uma vaga no curso de Marketing pelo ProUni. Fez o exame como treineiro em 2007, em 2008 não obteve pontuação para o ProUni, mas em 2009 ele conseguiu. 

+ Faça simulado do Enem
+ Confira temas que podem cair na prova este ano
+ Veja dicas para escrever uma redação nota 1.000
+ Interpretação de texto e geometria são assuntos mais cobrados

Agora no meio do ano de 2014, saiu formado da Uninove. Mas pegou gosto pelo Enem. Wesley conta que viu o exame neste período como uma forma de treinamento. "Sempre faço o Enem porque eu gosto de provas, de me avaliar, acho isso muito importante”.

Arquivo pessoal
Wesley Oliveira, 24 anos, cursou marketing na Universidade Nove de Julho


Apesar de já ter virado rotina, Wesley conta que ainda sente “frio na barriga” antes da prova. “É diferente do ano em que eu estava prestando para entrar na universidade, mas não tem como não ficar um pouco nervoso antes, afinal vai ser sempre uma prova”. 

Mais: “Para ir bem no Enem, dormia só três horas", diz aluna que trabalhava em padaria

O rapaz avalia que amadureceu ao longo desses anos e que também viu o exame se transformar e adquirir novos formatos. “Na primeira vez que prestei, as provas eram divididas por matéria. Atualmente isso mudou, as matérias são agrupadas e as questões são mais interdisciplinares”.

Ao longo do tempo, Wesley aprendeu que o segredo da prova é se programar. “Sempre vejo as pessoas se atrasando, chegando em cima da hora. Quando você se programa, dá tempo de se concentrar e focar na prova”. 

Leia tudo sobre: enempersonagemprouniuniversidadeigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas