Ministério do Turismo vai bancar intercâmbio de universitário na Europa

Por Davi Lira - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

O prazo de inscrições para concorrer a uma das 110 bolsas de estudo na Espanha ou no Reino Unido vai até o dia 31 de julho

Glauber Queiroz/MTur
O ministro do Turismo, Vinicius Lages, com o ministro da Cultura do Reino Unido, Sajid Javid, assinam acordo para concessão de bolsas

Depois da criação do programa Ciência sem Fronteiras (CsF) pelo Ministério da Educação (MEC) em 2011, e mais recentemente do "Cultura sem Fronteiras" - capitaneado pelo Ministério da Cultura -, agora chegou a vez de outra pasta do Governo Federal anunciar um programa próprio de intercâmbio voltado para a concessão de bolsas de estudos para universitários brasileiros em instituições estrangeiras.

Estruturado pelo Ministério do Turismo (MTur), o Projeto de Qualificação Internacional vai conceder 110 bolsas de estudo no exterior. Assim como o Ciência sem Fronteiras, o desempenho do candidato em provas anteriores no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será um dos principais critérios de seleção dos bolsistas.

Veja também:
´Cultura sem Fronteiras´ vai bancar intercâmbio na Europa para aluno de Humanas
Ciência com Fronteiras: confira os entraves à internacionalização da graduação do País

Também organizado pela Fundação Capes - agência de fomento vinculada ao MEC, que coordena a concessão de bolsas do CsF -, o Projeto de Qualificação Internacional têm como principal propósito melhorar a formação do estudante brasileiro por meio de uma temporada de estudos em escolas de excelência no exterior, e também da realização estágios lá fora.

Além disso, segundo a própria pasta, com o programa de internacionalização do turismo, "o MTur deseja ainda ampliar o número de estudantes capacitados no domínio de línguas estrangeiras como o inglês e o espanhol". O aperfeiçoamento em idiomas também é uma das principais bandeiras do CsF.

"Queremos [selecionar] alunos de excelência, para que esses estudantes possam, depois, nortear os próprios colegas de turma. E que, [com o programa], os aspectos linguísticos sejam, de fato, considerados como algo prioritário", afirma, em comunicado, o assessor especial de relações internacionais do MTur, Acir Madeira.

Acompanhe mais notícias no canal iG Educação
Siga o iG Educação pelo Twitter
Fique por dentro de outras notícias pelo facebook do InfoEscola

Thinkstock/Getty Images
Só podem participar do Intercâmbio estudantes universitários de Turismo e Hospitalidade

Sobre o programa

Para esta nova ação do Ministério do Turismo serão concedidas 110 bolsas de estudos, 60 para a Espanha e 50 para o Reino Unido. O estudante, contudo, deve se inscrever em apenas um dos processos seletivos. Só podem participar do programa alunos matriculados em cursos de bacharelado, licenciatura ou tecnólogo em Turismo ou da área da Hospitalidade. O prazo de inscrições para participar da seleção vai até o dia 31 de julho.

Além disso, todos os candidatos precisam ter obtido nota igual ou superior a 600 pontos no Enem, em exames realizados entre os anos de 2009 a 2013. Também é preciso comprovar o domínio básico em espanhol ou inglês, a depender do país escolhido. A comprovação ocorre por testes oficiais padronizados.

+ Justiça derruba exigência do Enem de candidato ao Ciência sem Fronteiras

Com duração de três a quatro meses, os cursos no exterior incluem disciplinas ligadas ao setor turístico, com "destaque" para liderança, inovação, gestão da qualidade, marketing, hotelaria, eventos, gastronomia e idiomas, informa o MTur. Ainda segundo a pasta, os estudantes também desenvolverão atividades práticas em empresas do ramo.

Despesas de ajuda-de-custo, seguro de saúde internacional e auxílios-descolamentos serão arcados pelo Governo Federal. Ao todo, os valores ultrapassam os R$ 7 mil.

+ Acesse o edital público para seleção de bolsistas para a Espanha
+ Confira todos os detalhes sobre o edital para o Reino Unido
+ Faça sua inscrição para o programa do MTur no site da Capes

Lançado na última semana, o Projeto de Qualificação Internacional do Ministério do Turismo surge após a realização de projeto piloto comandado pela pasta no ano passado, quando um grupo menor de estudantes participou de um intercâmbio em Portugal.

Conheça algumas universidades que já receberam alunos brasileiros pelo CsF:

Universidade de Nebraska. Foto: DivulgaçãoCatholic University of America. Foto: DivulgaçãoOregon State University. Foto: DiuvlgaçãoUniversidade de Wisconsin. Foto: Thinkstock/Getty Images Universidade do Tennessee de Knoxville. Foto: DivulgaçãoIowa State University. Foto: DivulgaçãoPennsylvania State. Foto: DivulgaçãoUniversity of Arkansas. Foto: DivulgaçãoNorth Carolina State University. Foto: DivulgaçãoUniversity of California de San Diego. Foto: DivulgaçãoIllinois Institute of Technology. Foto: Divulgação San Diego State University. Foto: DivulgaçãoUniversidade de Minnesota. Foto: Thinkstock/Getty ImagesUniversidade de Colorado Boulder. Foto: DiuvlgaçãoPurdue University. Foto: DivulgaçãoInstituto Rensselaer Polytechnic. Foto: DivulgaçãoUniversidade de Montana. Foto: DiuvlgaçãoTexas A & M University. Foto: DiuvlgaçãoSyracuse University. Foto: DivulgaçãoUniversidade da Califórnia. Foto: DivulgaçãoWashington State University. Foto: DivulgaçãoUniversity de Iowa. Foto: Thinkstock/Getty Images
Leia tudo sobre: EnsinoSuperiorIntercâmbioEuropaTurismoReinoUnido

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas