Confira posição das 78 melhores universidades brasileiras da América Latina

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Reconhecido ranking britânico coloca o Brasil como líder na região; o País fica à frente do México, Argentina e Chile

Thinkstock/Getty Images
As universidades brasileiras lideram ranking das 300 melhores instituições da região

O Brasil lidera mais uma vez o ranking das melhores universidades da América Latina. De acordo com o levantamento da Quacquarelli Symonds (QS), reconhecimento grupo britânico de pesquisas educacionais, as universidades brasileiras ocupam 78 posições no ranking das 300 melhores instituições latinas.

Na edição deste ano do ranking, publicado nesta terça-feira (27), a QS mostra que o País ultrapassa o México, que possui 46 universidades no levantamento, a Colômbia, que tem 41, a Argentina, que conta com 34, e o Chile, que possui 30 instituições entre as 300 melhores. A organização britânica avalia as instituições de ensino superior da América Latina desde 2011.

Acompanhe mais notícias no canal iG Educação
Siga o iG Educação pelo Twitter

A grande novidade desta edição de 2014 foi a queda a Universidade de São Paulo (USP), que deixou pela primeira vez o posto de melhor instituição da região. Assumiu o topo do levantamento a Pontifícia Universidade Católica do Chile.

Leia mais: USP deixa posto de melhor universidade da América Latina

Outro destaque do levantamento atual é a subiba de duas outras instituições brasileiras no TOP 20 do ranking. Na edição de 2013, o País participava com oito universidades.


Mais: Veja o ranking completo com todas as 300 instituições avaliadas

Metodologia

Para a realização das comparações, a QS usa como metodologia avaliações sobre o nível de reputação acadêmica das instituições, o reconhecimento que elas têm no mercado de trabalho, o número de docentes em dedicação exclusiva, a produção científica, a titulação de professores, além de outros critérios como o número de alunos por sala por professor.

Esse último critério e o impacto científico da produção da Pontifícia Universidade Católica do Chile fizeram com que a instituição ganhasse a primeira colocação. Nos últimos rankings, a universidade sempre ficava na segunda posição.

Leia tudo sobre: Ensino SuperiorPós-graduaçãoRanking

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas