Número de inscritos é maior do que o registrado em 2013; exame seleciona para Sisu, Sisutec, ProUni e Fies

Provas serão aplicadas em 8 e 9 de novembro
Anderson Stevens/Futura Press
Provas serão aplicadas em 8 e 9 de novembro

Os interessados em participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano têm até às 23h59 desta sexta para fazerem sua inscrição . Há pouco mais de sete horas para o fim do prazo, o sistema on-line já registrava 9 milhões de candidatos — superior aos 7,2 milhões de 2013.

Para confirmar a inscrição, a taxa de R$ 35 deve ser paga até a próxima quarta-feira (28). Estudantes de instituições da rede pública e candidatos com renda familiar de até 1,5 salário mínimo são isentos do pagamento.

Depois de inscrito, o candito pode acessar a página pessoal e gerar o boleto para o pagamento. Para isso, é preciso o CPF e a senha cadastrada. Caso tenha esquecido a senha, é possível recuperá-la no local indicado na própria página.

Este ano, travestis e transexuais poderão ser identificados pelo nome social. Para isso, é preciso fazer o pedido pelo telefone 0800-616161, também até a noite desta sexta.

Provas

As provas do Enem 2014 serão realizadas nos dias 8 e 9 de novembro. No dia 8, um sábado, os candidatos farão as provas de ciências humanas e ciências da natureza entre as 13h e as 17h30 (no horário de Brasília). No dia 9, domingo, serão aplicadas as provas de linguagens e códigos, matemática e redação. Neste dia, a prova será mais longa, e acontecerá entre as 13h e as 18h30.

Para o que serve?

A nota do exame pode ser usada para participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que disponibiliza vagas no ensino superior público. Desde o ano passado, todas as 59 universidade federais adotaram a prova como critério de seleção para os novos alunos . No total, foram 117 mil vagas em instituições públicas preenchidas via o exame.

Curiosidade: 10 notícias que marcaram o Enem 2013

Site do Enem ensina o passo a passo para inscrição
Divulgação
Site do Enem ensina o passo a passo para inscrição

O Enem também é pré-requisito para o estudante participar do Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas em instituições privadas; e o Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissional (Sisutec), que destina a estudantes vagas gratuitas em cursos técnicos. Quem quer firmar contratos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) também precisa ter feito o Enem.

Mesmo aqueles interessados em universidades que não adotam o Enem, como a USP, precisam fazer o exame caso queiram obter bolsas de intercâmbio pelo Programa Ciência sem Fronteiras.

Resistência: Paulistas resistem a Enem; vaja como cada uma delas usa o exame

Recentemente, duas universidades de Portugal - Universidade de Coimbra e da Beira Interior - também anunciaram que candidatos brasileiros poderão usar a nota do Enem para pleitear uma vaga.

Veja como foi a movimentação do Enem no ano passado:


    Leia tudo sobre: enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.