Antes da Virada Cultural, São Paulo recebe a Virada Educação neste sábado

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Evento gratuito acontece na Praça Roosevelt e conta com mais de 100 atrações como exibição de filmes, teatro e mostra de fotografia

Com o objetivo de mostrar que a aprendizagem pode acontecer em diferentes locais, ampliando a relação entre a escola e a cidade, neste sábado (17), pela primeira vez, a Virada Educação irá ocupar o centro de São Paulo com mais de 100 de ações educativas.

Confira a programação completa do evento

André Gravatá/Divulgação
Iniciativa busca transformar o centro de SP em uma comunidade de aprendizagem

Organizado pelo Movimento Entusiasmo – iniciativa que estimula a transformação do centro de São Paulo em uma comunidade de aprendizagem –, o evento irá realizar uma série de atividades gratuitas ao redor da Praça Roosevelt. Também acontecerão outras intervenções em locais, como teatros e escolas públicas da região. As ações serão realizados por educadores, artistas, alunos e pais.

Entre as atividades propostas, acontecerão diálogos sobre os desafios da educação brasileira e reflexões de como ocupar a escola de forma criativa; exibição de filmes, peças de teatro e mostras de fotografia; encontros sobre programação de aplicativos; oficinas de brinquedos recicláveis; saraus e outras ações que promovem a aproximação de pessoas.

Com o intuito de inspirar ainda mais reflexões sobre o aprender na cidade, até outubro o Movimento Entusiasmo também irá lançar um livro e um curta-metragem com histórias de educadores que já estão atuando em prol de uma educação mais aberta, que valoriza a relação com o território local. Ambos os materiais não se restringem apenas à cidade de São Paulo. Eles apresentam ideias de como criar comunidades educativas e tornar a educação uma prioridade coletiva.

Confira o chamado de convocação aos participantes para irem até a Virada Educação, de um dos cofundadores do evento André Gravatá, feito a pedido do iG Educação:

"A Virada Educação é mais do que um evento, é uma provocação para instigar as pessoas a perceberem que a educação acontece em todo lugar, que aprender pode ser divertido e entusiasmante.

Participar da Virada Educação é fazer parte de uma ação efervescente, na qual mais de 100 atividades vão acontecer dentro de escolas, teatros, ruas e casas no centro de São Paulo. Atividades que nasceram da paixão de alunos e educadores, como oficinas de música, skate, pipas, xadrez, dança, feira de trocas, encontro para aprender a fazer cupcakes, exibições de filmes, trilhas, diálogos sobre como ocupar a escola criativamente.

O dia 17 é uma experiência em que a educação transborda as portas da escola e as pessoas se apropriam do território inteiro para aprender. Não dá mais para aceitamos o estado da educação no nosso país. Ou agimos urgentemente em prol de ações que tragam mais fôlego para a mudança estrutural necessária, ou afundaremos todos num abismo sem fim.

Entrar numa escola hoje em dia é uma experiência de esperança e horror. Num canto, vemos a hierarquia sufocando as pessoas, o estreitamento do olhar imperando. No outro, potenciais imensos, mananciais, à espera de estímulos que aumentem o entusiasmo já existente.

Com a Virada Educação, lançamos também o Movimento Entusiasmo, que continuará atuando em escolas e comunidades para potencializar a emergência de comunidades educativas ativas. A intenção é chegar mais perto das raízes dos desafios, sair da superfície.

Como diria Paulo Freire, precisamos desocultar as verdades e ir mais fundo, ter valentia de amar a mudança e confiar nas pessoas. Participar da Virada, no centro de São Paulo, é um ato de confiança na mudança".

Com informações do Portal Porvir

Leia tudo sobre: virada da educaçãosão pauloigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas