As inscrições, iniciadas nesta segunda-feira (12), podem ser feitas pela internet, no site do Inep, até o dia 23 de maio

Agência Brasil

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já tem 1 milhão de inscritos, divulgou, pelo Twitter, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). No ano passado, a marca também foi alcançada no segundo dia, quando o exame registrou 1,3 milhão de inscrições. As inscrições, iniciadas nesta segunda-feira (12), podem ser feitas pela internet até o dia 23.

Na tarde desta terça (13), nas redes sociais, usuários reclamaram das dificuldades em concluir a inscrição no site, por causa do grande número de acessos. O Inep divulgou os melhores horários para acessar a plataforma e informou que o sistema está operando dentro da normalidade. Os melhores horários são até as 9h da manhã, entre as 14h e as 17h e após as 21h.

Neste ano, há algumas novidades no processo de inscrição. Travestis e transexuais poderão ser identificados pelo nome social nos dias e locais de realização das provas. Para isso, é preciso fazer o pedido, pelo telefone 0800-616161, também até o dia 23.

Para evitar ausências, o Inep vai enviar uma mensagem aos inscritos no ano passado que não fizeram a prova. Eles serão alertados de que não fazer o Enem leva ao desperdício de recursos públicos.

Sobre o exame

O Enem é destinado a estudantes que tenham terminado ou estejam concluindo o ensino médio, pessoas com mais de 18 anos que busquem o comprovante de conclusão do ensino médio e aquelas que queiram testar conhecimentos. O exame será realizado em 8 e 9 de novembro. A inscrição custa R$ 35 e deve ser paga até 28 de maio. Alunos de rede pública e pessoas com renda familiar de até 1,5 salário mínimo são considerados isentos.

Confira imagens do exame realizado no ano passado:


A nota do exame é utilizada como critério para acesso ao ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de educação superior, e do Programa Universidade para Todos.

A participação na prova também é requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil, participar do Programa Ciência sem Fronteiras e ingressar em vagas gratuitas dos cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica. Estudantes com mais de 18 anos podem obter a certificação do ensino médio por meio do Enem.

    Leia tudo sobre: Enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.