Candidato deve tomar cuidados com chutes: nas provas Cespe/UnB, respostas erradas faz com que se perca ponto

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) está com inscrições abertas para realização de concurso público para 450 vagas em cargos de nível médio e superior. Os salários são de R$ 2.573,22 e R$ 3.981,42. As inscrições podem ser feitas até a próxima segunda-feira (3 de fevereiro). 

Conheça a home do Último Segundo

O professor de Direito da FMB, Flávio Monteiro de Barros, lembra que a primeira dica é tomar cuidado com os chutes. Isso porque as provas do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe) são conhecidas pelo sistema de respostas certas e erradas. Cada resposta certa dá um ponto, enquanto cada resposta errada tira um ponto. No caso de deixar a questão em branco, o candidato não ganha e nem perde a pontuação. Barros aconselha que o aluno que não tiver certeza da resposta não chute.

Quem fizer a prova para um dos dois cargos vai precisar estudar noções de Direito Administrativo. Se o candidato estiver com pouco tempo e precisar priorizar os assuntos, Barros recomenda investir na revisão dos princípios e atos administrativos.

“Costuma cair um pouco de tudo, então o aluno deve tentar revisar a matéria como um todo. No caso de ter pouco tempo, recomendaria que o candidato se focasse na revisão dos princípios e atos administrativos. Eles são os alicerces, a base para você entender a disciplina”, afirmou.

Leia mais:

Banco do Brasil tem prova para mais de 8.600 vagas; saiba o que estudar

IBGE tem prova para 7.825 vagas; na prova, compreensão de texto é essencial

A professora de Língua Portuguesa Clarice Andrade, da Capcursos, diz que é primordial que o aluno estude análise sintática. "Quem domina a análise sintática escreve bem e pontua bem. O estudo é demorado, mas não dá para fugir dela", recomenda. 

Como o assunto é longo e costuma trazer dificuldades, os estudantes podem intercalar o estudo da análise com outros assuntos, como concordância ou regência. 

Além da prova objetiva, os candidatos farão uma prova disrcursiva, que vale 20 pontos. Clarice explica que a redação será com um tema da especialidade do candidato e, portanto, não deve ser um assunto subjetivo. "O candidato tem de lembrar que quem vai corrigir a prova possivelmente não é da área, então tem que escrever com muita clareza", completa.

Ela recomenda que o aluno use períodos mais curtos, para não se perder durante a frase. "Ele deve tomar cuidado com a articulação. Costurar uma frase à outra. Uma das chaves é estudar os conectivos e tomar cuidado para o texto não ficar repetitivo", orienta. 

Mesmo que não seja essencial e nem sempre necessário, a professora sugere que os alunos façam a conclusão com uma sugestão de como resolver a questão apresentada.

Entre os outros assuntos que o candidato também deve estudar estão Noções de Informática, Atualidades, Ética no Serviço Público, Noções de Administração Financeira e Orçamentária. Para o cargo de contador, há ainda a disciplina de Noções de Gestão de Pessoas nas Organizações. A prova de conhecimentos básicos tem 50 itens.

Provas específicas 

Os candidatos terão que responder ainda a 70 questões de conhecimentos específicos. Para o cargo de contador, as matérias são: Contabilidade Geral, Contabilidade Governamental, Matemática Financeira, Noções de Legislação Tributária, Noções de Gestão e Fiscalização de Contratos e Convênios.

Para o cargo de agente administrativo, cobra: Legislação Específica, Noções de Gestão De Pessoas nas Organizações, Noções de Administração de Recursos Materiais, Noções de Arquivologia, Noções De Gestão e Fiscalização de Contratos e Convênios

A prova

As provas serão aplicadas na data provável de 30 de março de 2014, no turno da manhã. No total, os candidatos vão disputar 35 vagas para contador (que pede nível superior) e 415 vagas para agente administrativo (com nível médio). As oportunidades de contador são para Brasília e as vagas de agente administrativo são para os 26 Estados e também para Brasília.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.cespe.unb.br/concursos/mte_14_nm_ns.  A taxa é de R$ 50 para nível médio e R$ 70 para nível superior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.