País tem só quatro universidades no top 100 dos emergentes

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

A Universidade de São Paulo (USP) é a instituição do Brasil mais bem posicionada na lista, em 11º lugar

Agência Estado

Somente quatro instituições brasileiras estão na lista das cem melhores universidades de países emergentes em levantamento inédito feito pela revista Times Higher Education (THE), uma das principais referências em medição da qualidade do ensino superior. A Universidade de São Paulo (USP) é a instituição do Brasil mais bem posicionada na lista, em 11º lugar.

Conheça a nova home do Último Segundo

Brasil avança, mas segue nas piores posições em ranking de educação

Outras duas paulistas aparecem no rol: a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em 24.ª, e a Universidade Estadual Paulista (Unesp), em 87ª. A outra brasileira na lista é a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em 60ª O levantamento considera critérios como produção acadêmica, impacto de artigos científicos e presença internacional da universidade.

O continente asiático concentra 70% das instituições da lista. A China tem 23 representantes no Top 100, seguida de Taiwan, com 21, e Índia, com 10. De acordo com a THE, a China se consolida como uma potência na educação superior, que pôs a pesquisa e o ensino universitário como eixos do desenvolvimento econômico.

Leia também:

MEC vai suspender o vestibular de mais de 200 cursos das áreas de humanas

Competição por vagas é duas vezes maior para candidatos negros

Na rede estadual, 28% dos alunos já sofreram violência na escola

A América Latina teve participação tímida, com apenas nove universidades, o mesmo número que a África. Além das quatro brasileiras, faculdades de México (2), Chile (2) e Colômbia (1) estão listadas no ranking. Entre as principais economias emergentes, também são citadas a África do Sul (5) e a Rússia (2).

Lista global

Em outubro, as universidades brasileiras tiveram mau desempenho no ranking mundial de universidades organizado pela Times Higher Education. A USP, única do País entre as 200 melhores, saltou de 158º lugar em 2012 para o grupo de 226º a 250º em 2013. Já a Unicamp passou da faixa de 251º a 275º em 2012 para 301º a 350º.

Leia tudo sobre: times higher educationuniversidades

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas