A dois dias da Unicamp, alunos devem dormir bem e evitar comidas gordurosas

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Candidatos devem se preparar psicologicamente para a prova e começar a diminuir o ritmo dos estudos

Não é uma tarefa fácil segurar a ansiedade a dois dias de um vestibular importante, como da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que acontece neste domingo (10). Para especialistas ouvidos pelo iG, os alunos devem tomar cuidado com a alimentação e se preparar psicologicamente para a prova.

Conheça a home do Último Segundo

Futura Press
Prova da Unicamp acontece neste domingo

Se é preciso estudar e saber os conteúdos pedidos na prova, também é necessário que o aluno se prepare fisicamente para o exame. Neste momento, o indicado é que o candidato comece a diminuir o ritmo de estudos e durma bem.

Prestar atenção na alimentação também é essencial. O estudante deve manter uma alimentação balanceada, com frutas, verduras e legumes. O chocolate pode ser consumido, mas com moderação.

Leia mais: Unicamp sobe da 44ª para 28ª posição entre 'novatas' no mundo

O que fazer:

- Ter pelo menos oito horas diárias de sono, mas não mudar muito a rotina;

- Começar a diminuir a intensidade nos estudos, e cuidar para que isso não provoque insegurança ao aluno;

- Exercícios físicos sempre ajudam, desde que não sejam feitos exageros;

- Usar distrações que façam bem à mente e não prejudiquem o corpo;

O que comer:

- Manter a alimentação balanceada, com frutas, verduras e legumes;

- Evitar alimentos gordurosos e não substituir refeições por lanches;

- Chocolate pode ser consumido pois ajuda no controle da ansiedade, porém não em excesso. O ideal são dois quadradinhos de chocolate meio amargo;

- Alimentos à base de carboidratos como pães, cereais e massas são responsáveis por fornecer energia ao nosso organismo;

- Nos dias mais próximos da prova (especialmente na véspera), evitar alimentos gordurosos, frituras e comer fora de casa, para não correr o risco de uma contaminação;

- Não comer em excesso devido à ansiedade, pois pode trazer disfunções gástricas e intestinais, levando a mal estar geral.

Leia tudo sobre: Unicampvestibularestudo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas