Dez dicas para fugir da recuperação

Por Julia Carolina - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Criar rotina diária de estudos e pedir ajuda para colegas com mais facilidade na disciplina ajudam no aprendizado

O que fazer quando o fim do ano está chegando e as notas do boletim parecem mais um mau presságio? De acordo com educadores ouvidos pelo iG, é o momento de os alunos que estão em situação delicada acelerar o ritmo, mas de forma organizada.  

Conheça a nova home do Último Segundo

Thinkstock Photos
Em casa, faça um planejamento do seu tempo e crie uma rotina de estudos

Rogério Felipe Pires, coordenador da Tutores de Higienópolis, lembra que a melhor coisa é focar no conteúdo que deve cair na prova final. “O aluno deve prestar atenção inclusive nas matérias que ele já está próximo de fechar a nota. Nenhuma disciplina pode ser abandonada nesse momento” afirma.

Para Flávio Augusto Antonietto, diretor do Colégio CPV, é hora de diminuir o tempo de diversão, mas sem radicalidade. Tanto que, no CPV, os professores fazem uma orientação de estudo. "Fazemos um planejamento que inclui a parte de diversão. É importante que o aluno tenha um tempo para algo que goste", conta. 

E os profissionais são unanimes: nada de virar noites estudando. “O tempo de estudo vai depender da dificuldade que ele tem nas matérias, das tarefas que a escola passou. Mas é bom que o aluno durma bem durante a noite. Se o aluno não estiver descansado, o rendimento no colégio tende a cair”, afirma Pires.

E para o ano seguinte, Antonietto lembra: "O estudo de última hora pode ajudar na hora de conseguir uma nota, mas não no aprendizado. É importante os alunos saibam isso". 

Veja dez dicas que podem ajudar a fugir da recuperação: 

- Reveja a rotina e faça um planejamento. Nada de passar horas na frente do computador ou da televisão;

- Faça um diagnóstico e estabeleça prioridades de estudo. Qual é a matéria que você tem mais dificuldade e, consequentemente, piores notas?

- Procure os professores das disciplinas mais críticas e peça que eles lhes indique quais pontos merecem mais sua atenção

- Se você sente que não vai dar conta de recuperar a matéria sozinho, procure ajuda. Comece investigando se algum amigo tem conhecimento do conteúdo e disponibilidade para estudar com você

- Se não for suficiente, procure ajuda profissional. Algumas aulas com um professor particular podem lhe salvar o ano

- Se o seu colégio tem um plantão de dúvidas, procure os profissionais quando tiver dúvida em algum exercício

- Teve uma dúvida de última hora e não tem a quem recorrer? Centenas de vídeos e aulas virtuais podem te ajudar. Faça uma busca, mas lembre-se: nada de se perder e ficar horas em redes sociais.

- Enquanto estuda para as disciplinas em que tem mais dificuldade, não se esqueça das outras; acompanhe as aulas dadas no dia

- Durma bem. Você precisa estar bem para assistir as aulas e, sem um bom descanso, você nem recupera o que não aprendeu, nem dá conta de acompanhar o que já sabe

- Não minta em casa. É melhor que seus pais e seus irmãos saibam da sua situação. Quem sabe alguém não se revela um ótimo professor de física? 

Leia tudo sobre: estudocasarecuperaçãoescolacolégio

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas