"Alguns exercícios eram impossíveis", desabafou Juliana, de 17 anos. Já redação sobre Lei Seca foi vista como fácil

Ao final do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o discurso dos estudantes ao iG era o mesmo. As questões de matemática foram as mais desafiadoras neste segundo dia de prova, realizado neste domingo em todo o País. "Alguns exercícios foram impossíveis de resolver. Português foi bem mais tranquilo", contou Juliana Ribeiro, de 17 anos. Os alunos foram ouvidos no Centro Universitário Belas Artes, na Vila Marina, zona sul de São Paulo.

Conheça a nova home do Último Segundo
Gabarito: Confira a correção da primeira prova do Enem
Galeria: Veja imagens do Enem 2013 em todo o País

Para ela, que busca uma vaga em administração em faculdades particulares e na Universidade de São Paulo (USP), o tema de redação surpreendeu. "Achei estranho, não esperava que fosse um tema tão fácil". Neste domingo, os candidatos tiveram que escrever uma redação sobre os efeitos da Lei Seca no Brasil. 

Prova de Biologia do Enem 2013 copiou questão da Fuvest de 2007
Internautas comentam Enem nas redes sociais
'Para mim que não bebo, o tema da redação foi ótimo', diz candidato

A mesma dificuldade em exatas foi sentida por Juliana Cestari, de 17. "A prova era boa e clara, mas tinha conteúdo que eu não consegui me lembrar. Se lembrasse, resolveria", lamentou. Juliana tenta uma vaga para o curso de relações internacionais. Ela achou o tema da redação simples. "Eu esperava algo mais pesado", disse completando que a Lei Seca é um tema atual e sempre discutido.

    Leia tudo sobre: enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.