'Fiz uma pausa na prova para amamentar minha filha', diz mãe de recém-nascida

Por Maria Fernanda Ziegler |

compartilhe

Tamanho do texto

Enquanto Elisa fez a prova, Jennifer ficou com o pai em uma sala de assistência, onde a mãe pôde amamentá-la

Elisa Elaine Dias, de 19 anos, fez a prova do Enem angustiada. Enquanto respondia as questões, ficava atenta no caso de ser chamada por algum fiscal para amamentar a filha Jennifer, de 1 mês e 25 dias. 

Maria Fernanda Ziegler/ iG São Paulo
Elisa quer estudar Pedagogia

"Não tem relógio, nem pode saber a hora, então dá uma angústia para saber se a minha filha estaria precisando de alguma coisa", disse a mãe de primeira viagem, que quer com a nota do Enem garantir descontos na mensalidade de algum curso de Pedagogia.

Elisa só precisou sair uma vez para dar de mamar à Jennifer. "Mas é difícil se concentrar. Fiquei preocupada", diz ela, que fez a prova na unidade da Uninove na Barra Funda, em São Paulo.

" Ela é mãe super protetora", brincou Jhonatas Abreu, o namorado de Elisa, que ficou a filha Jennifer numa salinha de assistência com outros pais, avós e cinco bebês. 

Elisa achou o tema da redação simples e considerou as questões complicadas. " A primeira coisa que fiz foi a redação, que é a parte que exige mais tempo. Depois fiz as questões de múltipla escolha e chutei várias. Na dúvida, eu colocava a letra C", disse.

A candidata afirma que conseguiu estudar mesmo com a gravidez, o parto e os cuidados com Jennifer. "Fiz bastante simulado na internet e estudei bastante enquanto ela dormia."

No sábado, Elisa chegou dez minutos antes dos portões fecharem acompanhada da sogra e com a filha no colo. Ela queria saber se existia uma sala especial para fazer a prova com a filha. Mas foi informada de que não havia. 

Leia tudo sobre: enem 2013amamentação

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas