Justiça dá 60 dias para desocupação voluntária do prédio da reitoria da USP

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Local está ocupado desde o dia 1º de outubro; juiz entendeu que grupo não precisa sair imediatamente

Agência Estado

A Justiça deu nesta terça-feira (15) 60 dias para que os alunos que estão na reitoria da Universidade de São Paulo (USP) desocupem voluntariamente o espaço. A decisão foi do desembargador José Luiz Germano, da 2ª Câmara de Direito Público.

Conheça a nova home do Último Segundo

"Os ocupantes devem sair, mas isso não significa que eles devam sair imediatamente, pois provisoriamente a reitoria pode funcionar em outro local", afirmou o juiz. A reintegração de posse havia sido negada em primeira instância. A reitoria está ocupada pelos alunos desde o dia 1º de outubro.

Na USP Leste, estudantes e a direção se reuniram nesta terça-feira, mas não chegaram a um acordo sobre a desocupação da diretoria, ocupada desde 3 de outubro. A Justiça já concedeu a reintegração de posse, mas direção e alunos decidiram negociar para evitar uma intervenção da PM. 

Leia tudo sobre: uspuniversidadeocupaçãoreitoriaigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas