Relembre, pelo noticiário do iG, temas como a morte de Hugo Chávez, a renúncia de Bento 16 e a tensão na Síria

Quem vai prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que acontece nos dias 26 e 27 de outubro, é essencial acompanhar o noticiário e compreender os assuntos que fazem parte do cotidiano da população. Apesar de não ter uma parte apenas sobre atualidades, a prova do Enem costuma trazer, diluídas nas perguntas, questões ligadas ao dia a dia.

Conheça a nova home do Último Segundo


Confira as notícias que marcaram o ano de 2013:

Morte Hugo Chávez

O presidente venezuelano Hugo Chávez morreu no dia 5 de março deste ano aos 58 anos. Visto como um dos mais polêmicos e importantes líderes da América Latina, ele morreu vítima de complicações de um câncer, encerrando sua permanência no poder da Venezuela após 14 anos.

Durante o seu governo, Chávez restringiu a participação de multinacionais na exploração de petróleo, fez a reforma agrária e também estatizou setores, como de meios de comunicações e energia elétrica.

No mês de abril, em votação apertada, o candidato chavista à presidência Nicolás Maduro venceu as eleições do país.

Tensão nas Coreias

Em março deste ano, a Coreia do Norte declarou que não estava mais vinculada ao armistício que encerrou os combates na Guerra da Coreia de 1950-53, assinado com os Estados Unidos e a China e ameaçou usar armas nucleares para atacar os territórios da Coreia do Sul e dos EUA .

Em outubro, Kim Jong-um voltou a ameaçar o vizinho e os Estados Unidos. Um porta-voz disse que suas Forças Armadas seriam colocadas em alerta máximo e estarão prontas para lançar operações.

Atentado Boston

Um ataque no dia 15 de abril perto da linha de chegada da Maratona de Boston , a mais famosa dos EUA, deixou três mortos e mais de 260 feridos.

Dzhokhar Tsarnaev , 20, foi preso e acusado de ser um dos autores do atentado. O irmão dele, Tamerlan, 26, foi morto em meio à perseguição da polícia em 19 de abril.

Tsarnaev declarou-se inocente das várias acusações pelo atentado de 15 de abril - incluindo em relação ao uso de uma arma de destruição em massa - e pode ser sentenciado à pena de morte se condenado.

Médicos estrangeiros

Em resposta às manifestações que tomaram as ruas do país em junho, a presidente Dilma Rousseff anunciou o chamado Pacto Nacional da Saúde , que envolve mais investimentos e o desolocamento de médicos para as periferias das grandes cidades e interior do país. O programa Mais Médicos, que prevê a contratação de estrangeiros, causou polêmica e virou alvo de protestos.

Na madrugada do dia 9 de outubro, a Câmara dos Deputados aprovou em votação simbólica , o texto principal da Medida Provisória (MP) 621, que cria o Programa Mais Médicos.

Protestos junho

Após o anúncio de que o preço da passagem do transporte público aumentaria, diversas manifestações tomaram conta do país . Em São Paulo, foram seis grandes manifestações (marcadas por tensão entre os populares e policiais militares e alto número de presos e feridos) e um ato de comemoração após Alckmin e Haddad anunciarem que o preço das passagens seria reduzido . No Rio de Janeiro, Eduardo Paes também anunciou a revogação do aumento das passagens do transporte público, assim como diversas cidades do país.

Mesmo com a decisão, as manifestações continuaram acontecendo nos municípios brasileiros, apesar de que com menos adeptos. Os manifestantes levaram para a rua vários outros motivos como corrupção, obras superfaturadas da Copa, PEC 237, saúde pública, entre outros.

Primavera Árabe (Síria)

A chamada Primavera Árabe é a onda de protestos e revoluções ocorridas no Oriente Médio e norte do continente africano , quando populares foram às ruas para tirar ditadores do poder.

As manifestações na Síria continuam e já são classificados como Guerra Civil pela comunidade internacional. Em agosto, a oposição denunciou mais de mil pessoas mortas, muitas delas civis, mulheres e crianças, em um massacre com uso de armas químicas em um subúrbio de Damasco , capital do país. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), o número de mortos já passa de 100 mil .

Renúncia papa

O papa Bento 16 anunciou em fevereiro que iria renunciar ao seu cargo . O Vaticano destacou que nenhuma condição médica específica influenciou na decisão de Bento 16, mas nos últimos anos, a mobilidade do papa ficou bastante reduzida.

Bento 16, 85 anos, se tornou papa em 2005, após a morte de João Paulo 2º. Esse é o primeiro caso de renúncia no papado em quase 600 anos.

Para ocupar o seu lugar, foi escolhido o argentino Jorge Bergoglio, de 76 anos, que adotou o nome de Francisco . Ele é o primeiro papa latino-americano e das Américas.

Copa

A Copa do Mundo, que será realizada em 2014 no Brasil, também pode aparecer na prova. O fato do país ser a sede das competições vem causando preocupação.

O gasto excessivo do dinheiro público, os problemas no transporte público e na infraestrutura do Brasil e o atraso na entrega dos estádios foram criticados em diversas manifestações no país .

Espionagem

Apesar de ser um assunto recente, os casos de espionagem dos EUA contra a presidente Dilma Rousseff e a Petrobras vazaram  e tiveram grande destaque nos noticiários. Em nota, Dilma disse que “o monitoramento dos EUA visam atender interesses econômicos e estratégicos e não somente a segurança nacional e o combate ao terrorismo”.

Recentemente, em mensagens em uma rede social, Dilma voltou a cobrar explicações e mudanças de comportamento por parte dos norte-americanos e relembrou ter denunciado o caso na Assembleia da Organização das Nações Unidas (ONU) como uma violação dos direitos humanos e da soberania do País.

Ditadura no Chile

No dia 11 de setembro deste ano, a população chilena lembrou os 40 anos da Ditadura Militar . Foi neste dia, de 1973, que o governo do chileno Salvador Allende foi derrubado por um golpe de Estado comandado pelo general Augusto Pinochet. Enquanto as tropas se aproximavam do palácio nacional, Allende não se rendeu e se matou com um tiro. Foi assim que teve início um período de 17 anos de violenta ditadura.

    Leia tudo sobre: enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.