Faculdade Alvorada é interditada pelo Procon

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Instituição de ensino vinha funcionando irregularmente, após ter sido descredenciada pelo Ministério da Educação

Agência Brasil

O Procon do Distrito Federal interditou nesta terça-feira (8) à tarde a Faculdade Alvorada, que vinha funcionando irregularmente, após ter sido descredenciada pelo Ministério da Educação (MEC), no dia 9 de setembro. A decisão foi tomada por causa de uma representação feita pela 2ª Promotoria de Defesa dos Direitos do Consumidor do Ministério Público do Distrito Federal.

Conheça a nova home do Último Segundo

"A partir do momento em que a faculdade foi descredenciada pelo MEC, ela passa a ser uma propaganda enganosa, ou seja, os alunos não receberão o diploma", explicou o diretor-geral do Procon, Todi Moreno. Para recuperar o alvará de funcionamento, a faculdade precisa obter nova autorização do MEC, e comprovar que os alunos terão liberdade para se transferir para outras faculdades.

A instituição tem 4.500 alunos e teve 395 reclamações recebidas pelo Procon, em grande parte de alunos que não conseguiram documentos para se transferir para outra faculdade. Em julho deste ano, a Alvorada foi despejada por falta de pagamento de aluguel, no entanto, convocou os alunos para a volta às aulas, que, desde então, foram retomadas em salas alugadas em quatro endereços diferentes.

Procurada pela Agência Brasil, a Faculdade Alvorada não se manifestou até o fechamento da matéria.

Leia tudo sobre: alvoradafaculdadeproconmec

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas