Governo de SP vai pagar intercâmbio internacional para alunos de línguas

Por Cinthia Rodrigues - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Decreto de Alckmin destina R$ 6,5 milhões a programa voltado também a professores

Um decreto do governador Geraldo Alckmin publicado nesta sexta-feira institui prêmios de bolsas de intercâmbio de um mês para alunos e professores dos Centros de Estudo de Línguas da rede púlbica estadual. O programa vai custar R$ 6,5 milhões e beneficiar 500 estudantes e 110 docentes, um investimento de mais de R$ 10 mil por enviado.

Segundo regulamento publicado no Diário Oficial desta sexta-feira, poderão se inscrever alunos e professores de inglês, francês e espanhol. A bolsa inclui passagem de avião, hospedagem em casa de família, curso intensivo do idioma estudado no Brasil, material didático e atividades extracurriculares para imersão na cultura do país visitado. Também estão incluídos detalhes como assistência para emissão de passaporte, traslado até o aeroporto e auxílio alimentação durante o tempo de deslocamento.

De acordo com o regulamento, uma prova com questões objetivas e redação selecionará os premiados. No caso dos professores, o intercâmbio será para curso de aperfeiçoamento linguístico, incluindo aulas de oralidade e uso de tecnologias e materiais didáticos.

Em todo o Estado há 223 Centros de Estudos de Línguas que atendem cerca de 65 mil estudantes a partir do 7º ano do ensino fundamental até o último do ensino médio.

Este é o primeiro intercâmbio internacional oferecido no Brasil para estudo de línguas e que beneficia alunos do fim do ensino fundamental e do ensino médio. O governo federal tem o programa Ciências Sem Fronteiras que envia alunos de ensino superior ao exterior para cursar um ano em universidade estrangeira.


Leia tudo sobre: intercâmbioalckminlínguas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas