Prefeitura de São Paulo sofre pressão para expandir vagas em creches

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Nos dias 29 e 30 deste mês ocorrem audiências públicas sobre o tema com MP e Defensoria

Representantes do Ministério Público, Defensoria e da sociedade civil querem que a Prefeitura de São Paulo firme um compromisso na Justiça para a expansão de vagas na educação infantil, sobretudo em creches (para crianças de 0 a 3 anos). Atualmente, a cidade tem 127 mil crianças na fila por creche.

Leia mais: Quanto menor a idade da criança maior a fila por creche em São Paulo
Entenda: Haddad promete 16 mil vagas em creches para 2013

O grupo preparou uma carta com 10 pontos a serem pactuados, entre os quais a criação de 150 mil novas vagas em creche até 2016 - a gestão promete 94 mil nesse prazo. Nos dias 29 e 30 deste mês, ocorrem as primeiras audiências públicas no Judiciário sobre o tema.

Os encontros precedem uma audiência de conciliação, marcada para setembro. "Para ser um compromisso de Estado, depende de que sanções serão definidas pelo Judiciário", diz o promotor João Paulo Faustinoni.

Vagas em creche pública

Quanto menor a criança, mais difícil conseguir uma vaga em creche pública na cidade de São Paulo, de acordo com dados da ONG Ação Educativa apresentados à imprensa para chamar a população a uma Audiência Pública sobre o tema. Das cerca de 150 mil pessoas cadastradas na fila de espera, 30% têm de zero a um ano e outros 28% até 2 anos de idade.

*com Agência Estado e reportagem de Cinthia Rodrigues, do iG São Paulo

Leia tudo sobre: crecheseducação infantiligspmp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas