Avaliação nacional de alfabetização será aplicada em novembro

Por Priscilla Borges - iG Brasília | - Atualizada às

Texto

Neste primeiro ano, apenas alunos do 3º fundamental farão a prova. A partir de 2014, ela será estendida aos estudantes do 2º ano. Escolas receberão resultados em abril

O primeiro diagnóstico sobre a qualidade da alfabetização das crianças brasileiras será realizado na segunda quinzena de novembro e os resultados chegarão às escolas em abril de 2014. A prova nacional de avaliação da alfabetização, oficializada na segunda-feira, faz parte de um pacto firmado entre governo federal e municípios para que todas as crianças sejam alfabetizadas até os 8 anos de idade.

De acordo com o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Luiz Cláudio Costa, as habilidades que serão verificadas em duas frentes de avaliação – língua portuguesa e matemática – já estão definidas. Cerca de 11 habilidades, como identificar o assunto de um texto, serão verificadas em Português e outras 18 em Matemática. “Vamos testar habilidades de leitura e escrita, numérica e algébrica”, diz Costa.

Leia também: Emenda acrescenta formação do professores a Pnaic 

Apenas os estudantes do 3º ano do ensino fundamental de todas as escolas públicas dos municípios que aderiram ao Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic) participarão dessa primeira prova. A partir do ano que vem, os alunos do 2º ano do fundamental também serão avaliados. Segundo o Ministério da Educação, 5,4 mil municípios aderiram ao programa.

“É importante começarmos a avaliar os estudantes do 2º ano para que as escolas tenham tempo de fazer intervenções pedagógicas, caso seja necessário, antes que as crianças terminem esse ciclo. É fundamental que a prova seja censitária para que cada professor e escola envolvidos tenha a chance de melhorar a aprendizagem de cada aluno”, afirma o presidente do Inep.

A expectativa do órgão responsável pela aplicação das provas é liberar os resultados sempre em abril. O primeiro já em 2014. O Inep ainda não definiu como será a divulgação dos resultados para a sociedade, mas cada escola receberá um relatório com o desempenho das crianças em cada item. O objetivo é dar subsídios para que os professores criem alternativas de aprendizagem nos assuntos menos compreendidos pelos estudantes o quanto antes.

Nova portaria

Os detalhes de aplicação das provas – como a matriz de conhecimentos que serão avaliados, quais as escolas que poderão participar da avaliação e a data exata em que ela ocorrerá – serão divulgados em portaria que será publicada na semana que vem pelo Inep. “Essa avaliação será um marco para o País, que mostrará os desafios onde precisamos avançar”, diz. Segundo o Censo do IBGE de 2010, 15,2% das crianças não se alfabetizam até os 8 anos.

A Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA) fará parte do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que também engloba a Avaliação Nacional da Educação Básica (Aneb) e a Avaliação Nacional do Rendimento Escolar (Anresc). A primeira é feita de modo amostral por estudantes dos 5º e 9º anos do fundamental e do 3º ano do ensino médio das redes pública e privada. A segunda é censitária nos 5º e 9º anos do fundamental da rede pública.

Texto

notícias relacionadas