Professores municipais do SP votam por continuidade da greve de novo

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Apenas três dias após último protesto, praça em frente à Prefeitura volta a ser tomada

Os professores da rede municipal de ensino de São Paulo votaram novamente pela continuação da greve. Apenas três dias após o último protesto, os educadores voltaram a se reunir em frente à Prefeitura para protestar contra a falta de reajustes salariais e as condições de trabalho. 

Futurapress
Protesto dos professores municipais de São Pulo em frente à Prefeitura nesta sexta-feira (17/5)


Para os sindicatos, os reajustes concedidos já estavam garantidos por projetos de Lei da gestão anterior e são referentes há anos de defasagem. Um dos sindicatos, a Aprofem, está sugerindo cortes em outras áreas do orçamento da Educação, como compra de uniformes, para melhorar o salário dos docentes. 

A Secretaria Municipal de Educação segue com posicionamento do início da semana em que cita aumento de 10,19% já para o mês de maio deste ano e outro de 13,43% para maio de 2014, além de aumento para todos os servidores de 0,82%, retroativo a novembro de 2011. 

Leia tudo sobre: greve de professores

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas