MEC destina  R$ 405 milhões ao Sistema S para cursos técnicos

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Recursos são destinados a formações do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) em 2013

Agência Estado

A Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, vinculada ao Ministério da Educação, divulgou nesta segunda-feira que destinará R$ 405 milhões a entidades do 'Sistema S' para realização de cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Leia também: Inscrições para 32 mil vagas em cursos técnicos estão abertas

Pela portaria publicada no Diário Oficial da União, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) receberá R$ 148,4 milhões; o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), R$ 229,3 milhões; o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), R$ 9,6 milhões; e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat), R$ 17,7 milhões.

Os recursos são destinados para aplicação na Bolsa-Formação, uma modalidade do Pronatec pela qual são oferecidos cursos gratuitos nas escolas públicas federais e estaduais e nas unidades de ensino do Senai, Senac, Senar e Senat. Pela Bolsa-Formação, há cursos de educação profissional técnica de nível médio e cursos de formação inicial e continuada ou qualificação profissional. Os valores repassados pelo MEC às quatro entidades são para financiar as capacitações ao longo de 2013.

O Pronatec é um programa do governo federal, criado em 2011 para intensificar a educação profissional e tecnológica no País. Até 2014, a meta é oferecer cursos técnicos e de formação inicial e continuada a 8 milhões de estudantes e trabalhadores.

Leia tudo sobre: pronatecensino técnico

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas