MEC divulga regras para bolsas do Prouni 2013 e aumenta nota mínima

Nota mínima exigida dos candidatos subiu para 450 pontos. Edital será divulgado em janeiro dará detalhes sobre prazos de inscrição e número de bolsas de estudo

iG São Paulo | - Atualizada às

Foi publicada no Diário Oficial da União, nesta segunda-feira (31), a portaria de número 27 que regulamenta o processo seletivo do Programa Universidade para Todos (ProUni) do primeiro semestre de 2013. A principal novidade, segundo o texto, é o aumento da nota mínima exigida dos candidatos. 

Já no primeiro semestre de 2013, o estudante precisa ter no mínimo 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento do Enem. Anteriormente, durante 2012, a pontuação exigida era de 400 pontos. O candidato não pode tirar zero na redação. 

Leia outras matérias sobre o ProUni

O texto ainda cita que os prazos de inscrição, seleção e matrícula serão divulgados em um novo edital, previsto para o início de janeiro de 2013. O edital também contará com o número de bolsas disponíveis. A portaria, assinada pelo ministro da Educação interino, José Henrique Paim Fernandes, entra em vigor nesta segunda-feira

Para se inscrever no processo seletivo, o aluno tem que ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012, entre outros pré-requisitos. Criado em 2004, o programa tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior.

Dados do MEC indicam que o ProUni já atendeu, desde sua criação até o processo seletivo do segundo semestre de 2012, a mais de 1 milhão de estudantes, sendo 67% com bolsas integrais.

    Leia tudo sobre: diário oficialprouninota mínimanota de corte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG