MEC planeja instituir novo critério para a criação de cursos em faculdades

Declaração foi dada pelo secretário de Educação Superior do Ministério da Educação, Amaro Henrique Lins, em audiência pública realizada nesta quarta-feira

Agência Câmara |

Agência Câmara

O MEC estuda a instituição de novos mecanismos para a criação de cursos em faculdades no Brasil. Quem afirma é o secretário de Educação Superior do Ministério da Educação, Amaro Henrique Lins.

Para ele, o ideal seria que propostas de criação de cursos não fossem mais feitas no “balcão” do ministério, mas sim a partir de editais, elaborados com base em estudos sobre as demandas educacionais e profissionais do país.

PNE: Mercadante volta a defender 100% dos royalties do petróleo para educação

“Se há excesso em vagas no direito hoje, vamos apontar locais em que ainda haja cursos que são necessários, onde ainda há demanda de advogados”, exemplificou o secretário, que destacou o fato do MEC priorizar a abertura de cursos de diversas áreas de engenharia pelo fato de tais profissionais serem necessários para o desenvolvimento do país.

As declarações foram dadas em uma audiência pública da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle sobre a exigência de aprovação no exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) para o exercício da advocacia, após vários deputados terem criticado o excesso de cursos de direito no Brasil e a baixa qualidade do ensino.

    Leia tudo sobre: MECEnsino Superior

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG