USP sobe 20 posições em ranking mundial de universidades

Unicamp também aparece na lista da Times Higher Education. Primeira colocada é a americana Caltech

iG São Paulo |

A Universidade de São Paulo (USP) melhorou 20 posições no ranking mundial de instituições de ensino superior divulgado em Londres pela Times Higher Education nesta quarta-feira, dia 3 de outubro. No ano passado, aparecia em 178º lugar e agora está em 158º. A Unicamp, a outra brasileira que também aparece na lista, ficou na faixa das posições 251 a 275 – não há posição específica depois das 200 primeiras. A classificação também representa uma melhora, já que no ano passado a Unicamp estava entre 276 e 300 melhores.

Outros rankings:
USP está entre as 200 melhores universidades no QS World Universities
USP é a 15ª universidade com melhor presença na internet
USP lidera ranking das melhores universidades da América Latina

As posições das duas brasileiras são as melhores da América Latina. Estão na lista também a Universidade Autônoma do México e a Universidade dos Andes, da Colômbia, entre o 351 e 400 lugares. 

Em primeiro lugar do ranking aparece pelo segundo ano consecutivo a California Institute of Technology (CalTech) , de Pasadena, Estados Unidos, seguida pela Universidade de Stanford (EUA) e Oxford (Grã-Bretanha), empatadas em segundo lugar. Harvard (EUA) que esteve oito anos no topo - de 2003 a 2010 -, aparece apenas na quarta posição. Completam a lista das 10 melhores universidades o Instituto de Tecnologia de Massachusetts -MIT (EUA), a Universidade de Princeton (EUA), Cambridge (Grã-Bretanha), Imperial College London (Grã-Bretanha), Universidade da Califórnia (EUA) e de Chicago (EUA).

O ranking é dominado por instituições dos Estados Unidos, que é representado por 76 universidades entre as top 200. Entretanto, 51 delas perderam posições.

A relação anual da Times Higher Education, que utilizada dados da Thomson Reuters, é baseada em 13 indicadores, que vão de investimento à pesquisa, passando por publicações científicas, número de doutorados e de estudantes estrangeiros.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG