Cratera destrói sala de aula em escola estadual na cidade de Cubatão

Colégio já estava com metade das instalações interditadas por causa de rachaduras e vazamentos. Aulas foram suspensas nesta sexta

iG Brasília |

Estudantes e professores da Escola Estadual Lincoln Feliciano, localizada na cidade de Cubatão, no litoral de São Paulo (SP), tiveram as aulas suspensas nesta sexta-feira em consequências de problemas de infraestrutura da unidade escolar que se intensificaram na última semana. Uma cratera destruiu metade de uma sala de aula.

Diário de Classe: Aluna conta problemas de infraestrutura em colégio de Santa Catarina

Desde agosto, as rachaduras e os vazamentos pioraram as condições do colégio. Metade da escola estava interditada por conta disso e os alunos estudando em ambientes improvisados. Agora, todos temem novos desabamentos.

Leia também: Governo anuncia investimento em quadras, móveis e ônibus escolares

Arquitetos e engenheiros vão avaliar as condições da escola e, se necessário, os estudantes serão remanejados de unidade até que o problema seja resolvido.

Lucas BaptistaI/Futura Press/AE
Cratera destruiu metade de uma sala de aula de escola estadual de Cubatão (SP)

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG