Unifesp Guarulhos não terá calouros devido a greve

Universidade vai cancelar ingresso de novos alunos no início de 2013 no câmpus de Guarulhos

Agência Estado |

Agência Estado

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) vai cancelar o ingresso de novos alunos no início de 2013 no câmpus de Guarulhos. O motivo é a greve dos alunos daquela unidade, que durou cinco meses, e as dificuldades para garantir adequações físicas a todos os alunos no próximo semestre.

Leia também: Unifesp discute futuro do câmpus de Guarulhos até quarta-feira

Ainda existe a possibilidade de ingresso no segundo semestre do ano que vem, mas, conforme o reitor Walter Albertoni, a melhor opção seria adiar a entrada de novos estudantes para 2014. "Os alunos que entraram neste ano tiveram apenas duas semanas de aula, o mais lógico é pular um ano. Pode até fazer processo seletivo agora, mas para ingressar mais tarde", disse.

A decisão de cancelar a entrada de novos alunos ainda deve ser oficializada pelo Conselho Universitário. A reitoria tem até 31 de outubro para decidir por alterações no processo seletivo. Para o adiamento de ingresso por um ano há ainda a necessidade de autorização do Ministério da Educação (MEC).

O retorno às aulas no câmpus está marcado para o dia 10. Os professores terão de repor todas as aulas perdidas durante a paralisação dos estudantes – que, no período entre 25 de maio e 17 de agosto, também contou com a participação dos professores, estes na campanha nacional de greve das federais.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: Unifespgreve nas federais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG