Alunos de universidades federais protestam em Brasília

Estudantes foram recebidos pelo ministro da Educação, que prometeu programa de apoio estudantil. Professores das federais estão em greve há mais de um mês

iG São Paulo | - Atualizada às

Cerca de 2.000 estudantes de universidades federais realizaram nesta terça-feira (26) um protesto em frente ao Museu Nacional da República, na Esplanada dos Ministérios, no Distrito Federal. Os alunos reivindicaram a melhoria da estrutura das instituições públicas de ensino, melhor remuneração para os professores e demais funcionários do sistema educacional, a construção e reforma dos restaurantes universitários, além da instalação e instituição de creches, moradias, bolsas e outras formas de auxílio para garantir a permanência dos alunos e a qualidade nas instituições de ensino superior..

O movimento foi organizado pela União Nacional dos Estudantes (UNE), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e Associação Nacional dos pós-graduandos (ANPG).

Depois de marchar na Esplanada dos Ministérios, os estudantes pararam em frente ao Ministério da Educação (MEC), onde foram recebidos pelo ministro Aloizio Mercadante. Na reunião, Mercadante afirmou que o MEC criará um programa de consolidação da expansão das instituições federais de ensino superior. A prioridade, segundo o ministro, será a assistência estudantil, com maior apoio para alimentação e moradia dos alunos.

A UNE apoia o movimento grevista dos professores e funcionários das universidades federais. A greve dos docentes das federais completou um mês no último dia 17 . São mais de 50 instituições federais de todo o País que reivindicam plano de carreira. Os funcionários administrativos aderiram à paralisação em 11 de junho.

Os servidores vinculados ao Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe) anunciaram greve geral a partir do dia 13, entre docentes e técnicos.

Agência Brasil
Alunos de universidades públicas de todo País se reúnem em frente ao Museu Nacional da República para reivindicar uma audiência o ministro da Educação

Depois disso, eles foram ao Senado Federal, para acompanhar a votação do Plano Nacional de Educação (PNE) . Os estudantes defendem que pelo menos 10% do Produto Interno Bruto (PIB) sejam investidos na área.

* Com informações da Agência Brasil e do MEC

    Leia tudo sobre: greve nas federaisestudantesprotesto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG