OAB inclui Filosofia do Direito em Exame de Ordem a partir de 2013

Prova objetiva terá duas questões sobre a disciplina. Ordem quer advogado com capacidade de interpretação e ético

iG São Paulo |

A partir de 2013, o exame da Ordem dos Advogados (OAB), prova para obter o registro que permite exercer a advocacia, terá questões sobre Filosofia do Direito na primeira fase (questões objetivas). O Conselho Federal da OAB acatou a sugestão feita por coordenadores de cursos de Direito de várias localidades do País.

Leia também : Confira o ranking de faculdades no 6º exame da OAB

O primeiro exame de 2013 (o 10º Exame de Ordem Unificado) terá duas das 80 questões sobre os ramos de Ética e Hermenêutica da Filosofia do Direito, conteúdos da Filosofia do Direito e que dizem respeito diretamente à formação e exercício profissional do advogado. O conteúdo do programa que passará a ser exigido ainda não foi divulgado.

Para a OAB, o mundo atual exige que o advogado que não seja mero repetidor de leis e normas e sim “um profissional capaz de interpretar as normas – caso de que cuida a Hermenêutica – e que possua conduta reta e adequada – o que é tratado pela Ética”. "A mensagem intuitiva que a Ordem pretende passar aos seus futuros advogados é que eles necessitam dessa visão ampla sobre o aspecto jurídico", aponta Marcus Vinicius Coelho, secretário-geral da OAB e coordenador nacional do Exame de Ordem.

Atualmente, a OAB realiza o 7º Exame de Ordem Unificado , que teve 111.909 inscritos e aplicou a prova da primeira fase no último domingo. A segunda fase será realizada no dia 8 de julho.

Na última edição, 25,41% dos inscritos foram aprovados ao final do processo, 25.912 candidatos, um recorde desde a unificação da avaliação .

    Leia tudo sobre: Exame de ordemOAB

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG