6,8 milhões alunos frequentam instituições sem abastecimento de água e 5,2 mi não têm água filtrada para beber na escola

As condições das escolas da educação básica são precárias e atingem milhões de jovens estudantes brasileiros. A Síntese dos Indicadores Sociais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta quinta-feira, aponta que 20 milhões de estudantes são alunos de escolas sem rede pública de esgoto. Outros 6,8 milhões estudam em instituições sem abastecimento de água e 5,2 milhões não têm água filtrada para beber na escola.

Os dados são do Censo Escolar do Ministério da Educação (MEC) de 2009 e apontam na Síntese condições precárias de saneamento em todas as regiões do Brasil. No Norte, há a maior proporção de estudantes em escolas sem rede de esgoto (84,3%) e sem coleta de lixo (21,4%). O Sul é a região com mais alunos sem água filtrada para consumo (47,8%).

Entre os Estados com piores condições de saneamento, Rondônia aparece em primeiro com apenas 7% de estudantes matriculados em escolas com rede de esgoto. Amazonas tem a maior proporção de alunos sem abastecimento de água na escola (66,4%), Maranhão as piores condições de coleta de lixo (37,6%) e o Rio Grande do Sul a maior porcentagem de estudantes sem água filtrada para beber.

A região sudeste tem a maior quantidade de estudantes, 20,6 milhões, e as melhores condições de saneamento. Apenas 1,1% dos estudantes não têm água filtrada nas escolas, 2,2% estudam em instituições sem coleta de lixo, 3,8% em unidades sem abastecimento de água por rede pública e 11,4% frequentam escolas sem esgotamento sanitário por rede pública.

Os Estados da região Sudeste têm a melhor infraestrutura de saneamento do País. Minas Gerais tem as melhores proporções de estudantes com acesso à água filtrada (99,4%), o Rio boas condições de coleta de lixo (99,6%) e São Paulo as melhores proporções de alunos em escolas com abastecimento de água (98,3%) e de rede de esgoto (90,6%).

Condições das escolas brasileiras

Proporção de alunos em escolas sem água filtrada e sem saneamento adequado

Gerando gráfico...
IBGE/Pnad
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.