Dissidente que apoiou Marconi quer continuar no PMDB

Deputado federal Luiz Bittencourt justifica permanência no partido: ¿pretendo fazer uma reciclagem¿

Rodrigo Viana, iG Goiânia |

Depois da decisão do PMDB de expulsar do partido os filiados que fizeram campanha par o adversário Marconi Perillo (PSDB), o deputado federal Luiz Bittencourt afirmou que pretende permanecer no partido e fazer "reciclagem".

Em entrevista a uma rádio local, Bittencourt afirmou que defendeu o melhor projeto para Goiás e que o PMDB volta à velhas práticas arcaicas e anti-democráticas.

“Vou defender minha posição. Entendo que quem está errado é que deve fazer uma reavaliação do seu posicionamento. A cúpula do partido vem errando sistematicamente. Vou continuar defendendo as minhas posições”, afirmou.

A resposta de Bittencourt vem após a decisão da cúpula do partido em mirar não só em Bittencourt como no ex-candidato ao Senado, Ney Moura Teles.

    Leia tudo sobre: Política GOPolítica PMDB-GO

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG