Diretor de faculdade é preso em operação da PF

O diretor da faculdade Inesul e coordenador do Centro Integrado de Apoio Profissional (CIAP), Dinocarme Aparecido Lima, está entre os 11 presos na Operação Parceria. A ação policial visa desarticular um esquema de desvios de recursos públicos.

iG São Paulo |

O diretor da faculdade Inesul e coordenador do Centro Integrado de Apoio Profissional (CIAP), Dinocarme Aparecido Lima, está entre os 11 presos na Operação Parceria. A ação policial visa desarticular um esquema de desvios de recursos públicos.

Lima foi preso hoje em Curitiba, no Paraná. Ele é apontado como um dos líderes do esquema que desviou mais de R$ 300 milhões apenas por coordenadores do CIAP nos últimos cinco anos, segundo estimativa da Polícia Federal.

O esquema desviava recursos em contratos de parceria firmados entre a Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) e entes públicos. O esquema enraizado no Paraná, tinha ramificações nos Estados de São Paulo, Goiás, Maranhão e Pará.

Também participam da operação a Controladoria-Geral da União (CGU), a Receita Federal e o Ministério Público Federal (MPF). De acordo com a PF, foram expedidos 40 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de prisão temporária.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG