Dilma posa com Mendes, mas apoia Silval

Presidenciável petista pediu votos para peemedebista, durante sua passagem pelo MT

Kelly Martins, iG Cuiabá |

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, tentou acabar com a polêmica sobre quem vai apoiar na disputa ao governo de Mato Grosso.

Ao passar hoje por Cuiabá, a petista posou para fotos ao lado do candidato Mauro Mendes (PSB), mas pediu votos mesmo para a reeleição do governador Silval Barbosa (PMDB).

Ela cumpriu apenas um compromisso partidário na cidade realizado pela coligação "Mato Grosso em Primeiro Lugar".

A ex-ministra afirmou que o peemedebista é o melhor para a continuidade do desenvolvimento do Estado.

"Vocês não podem dividir o voto e se vocês votarem nessa chapa, vão estar votando no processo de transformação do Brasil", frisou Dilma.

Mas, para evitar contratempos, reforçou o apoio que recebe do PSB e confirmou estar no palanque de todas as legendas que fazem sustentação ao presidente Lula.

As atuais pesquisas mostram que Dilma lidera a preferência dos eleitores no Estado.

A presidenciável desponta com vantagem firme sobre o oponente José Serra (PSDB) nas pesquisas de intenção de votos para a eleição presidencial no MT.

O Ibope aponta vantagem de seis pontos percentuais para Dilma (40%) em relação a José Serra (34%).

No palanque, ela garantiu que investimentos em Mato Grosso farão ‘jus’ à sua produção agrícola, já que o Estado é o maior produtor de grãos do mundo.

Prometeu, ainda, a conclusão da BR-163 e avaliou que, na gestão Lula e do ex-governador Blairo Maggi (PR), houve uma evolução "extraordinária" nas rodovias estaduais.

    Leia tudo sobre: Eleições MTEleições Dilma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG