Desistência de Renner abala campanha de Vanderlan

Candidato ao Senado pelo PP desiste de campanha, se desfilia do partido e admite aproximação com Marconi

Rodrigo Viana, iG Goiânia |

O candidato Renner (PP) decidiu desistir de concorrer ao Senado e anunciou sua desfiliação do partido na tarde de hoje alegando que se sentiu “usado”.

A saída do cantor abala a chapa majoritária de Vanderlan Cardoso (PR), já que a fama na dupla sertaneja com Rick era considerada elemento de atração de votos.

O anúncio foi feito pelo secretário-geral do partido, Sérgio Lucas, que apesar de ser do PP, apóia abertamente Marconi Perillo (PSDB). Sérgio foi o responsável por protocolar o documento no TRE-GO.

A própria entrega da carta de renúncia ao apoiador do tucano já comprova insatisfação e indica o futuro apoio ao candidato do PSDB.

A possível adesão de Renner à campanha tucana, no entanto, não reforça significativamente os índices de Marconi já que o cantor apresentou 3,1% de intenções de voto na pesquisa Grupom divulgada na segunda-feira (13).

O comitê de Vanderlan afirmou que não se pronunciaria sobre o assunto já que o candidato não comunicou a desistência aos colegas de chapa.

O assessor e amigo pessoal de Renner, Uugton Batista da Silva afirmou à Rádio 730, de Goiânia, que teria se decepcionado com a “falta de compromisso” da coligação de Vanderlan.

O comitê do candidato do PR afirmou que não se pronunciaria sobre o assunto já que o Renner não comunicou a desistência aos colegas de chapa. O cantor só se pronunciará na próxima semana, em coletiva de imprensa.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG